Resenha: Sorrisos Quebrados - Sofia Silva

Resultado de imagem para sorrisos quebrados
Autor: Sofia Silva
Páginas: 240
Ano: 2017
Editora:  Valentina
Gênero:  Romance
Compre: Amazon
Nota: 5/5
Exemplar cedido pela editora em parceria
Sinopse:
Sofia Silva é uma escritora portuguesa de 29 anos, que, após se tornar um fenômeno na autopublicação com mais de 1 milhão de visualizações no Wattpad e 700 mil leituras no serviço Kindle Unlimited da Amazon, terá seu livro, Sorrisos Quebrados, publicado pela Editora Valentina. Violência doméstica, depressão, deficiência física e abuso sexual são temas presentes nos romances da escritora, que procura sempre mostrar como essas situações afetam a vida social e amorosa de seus personagens.

“Sorrisos quebrados” é daquele tipo de romance tão intenso, que faz com que a gente se sinta dentro da trama, nos colocando no lugar dos personagens e sofrendo junto com eles. E põe sofrimento nisso... Ambos os protagonistas são bastante quebrados pelas circunstancias da vida e em suas dores eles conseguem enxergar um no outro sua alma gêmea.
Esse romance foi escrito pela autora portuguesa Sofia Silva e publicado aqui no Brasil pela Editora Valentina em 2017. Vai narrar a história sob o ponto de vista dos dois protagonistas, a Paola e o André, de uma forma bastante fluida e palpável, fazendo com que nós leitores sintamos muito conectados com a trama.
É impossível ler o prólogo desse livro e não querer continuar a história, pois a autora causa um impacto tremendo no leitor logo de cara. Acontece uma situação que é capaz de revoltar qualquer ser humano, uma cena de extrema violência doméstica contra a mulher, bastante impactante.
A Paola casou-se ainda bastante jovem com o homem perfeito, lindo, inteligente, rico... Todos achavam que ela tirara a sorte grande, a final ela era o tipo de garota super comum, nada de beleza extraordinária, como tinha tantas outras mulheres que Roberto poderia ter escolhido. Por algum tempo seu casamento foi maravilhoso, até o momento em que deixa de ser... O marido não era muito bem quem ela achava que fosse, então ela passa a viver o inferno em sua própria casa.
"Um sorriso  pode esconder tristeza ou falsidade. Podemos aparentar apatia, quando, por dentro, estamos vivenciando todos os sentimentos com intensidade, ou fingir tristeza quando é mentira."
Como medida desesperada para se livrar daquele casamento opressor, Paola decide fugir, mas as coisas não dão muito certo, de fato ela viveu um inferno de proporções ainda maiores do que tinha vivenciado. Por um milagre conseguiu escapar com vida, mas aquele episódio a marcou para sempre.
As marcas de um relacionamento abusivo são muito difíceis de serem apagadas, ainda mais as de Paola, tão profundas e arraigadas no seu ser. Marcas essas que transcendem o aspecto emocional, um dos mais prejudicados nessa relação, as marcas físicas também vão acompanhá-la para sempre. Roberto não só a arruinou psicologicamente, mas também a deixou desfigurada e arruinada para qualquer outro homem.
Contudo, o destino acaba dando uma nova chance à Paola, um recomeço e um novo amor. Aparece em seu caminho André, outra alma igualmente muito sofrida, com sua filhinha de quatro anos, Sol, que como o próprio nome já diz é um raio de sol, uma criança que carrega em seu ser muito sofrimento e também muita luz.
"Será que estamos irremediavelmente quebrados? E se sim, qual dos dois está mais?"
Livros com crianças fofas sempre acabam me emocionando e esse não poderia ser diferente, a Sol é uma garotinha muito especial, capaz de conquistar o coração de qualquer um. Ela também é a responsável por aproximar seu pai de Paola. Digamos que a aparência da Paola não é das mais atraentes depois do “acidente”, já que muitas cicatrizes deformam sua face e seu corpo, mas algo nela acaba ganhando a confiança de Sol, que é superarredia e não costuma se abrir com pessoas fora do seu círculo familiar.
A amizade entre Paola e a garotinha vai ganhando força, porque uma completa a outra. Aos poucos o André também vai se aproximando de Paola e com a convivência ele vai descobrindo que existe muita beleza além do superficial, que Paola consegue ser linda por dentro e contagiar a todos ao seu redor.
"Por mais amor que o pai dê ao filho, não é suficiente.Existem diferentes tipos de amor para preencher um coração. E Paola é um amor que Sol sentiu conquistar com suas dificuldades."
Essa é sem dúvida uma história de superação e recomeços, tanto para Paola, quanto para o André e a Sol. Nós leitores descobrimos logo nos primeiros capítulos o que aconteceu com a Paola, mas aos poucos e ao longo da leitura nós também vamos descobrindo o que aconteceu na vida de André e o porque dele ser tão reticente quanto ao amor.
Foi uma leitura que eu adorei fazer, apesar de toda essa temática pesada é uma história muito fluida e deliciosa de acompanhar. Fiquei o tempo inteiro torcendo para que desse tudo certo para a Paola e o André, porque eles mereciam uma segunda chance de ser feliz.
Esse livro certamente entrou para a minha listinha de favoritos, e apesar de ter achado que eles acabam se envolvendo um com o outro muito rápido, eu gostei de como tudo foi bem conduzido para o final.
Super-recomendo essa leitura, se você está procurando uma história impactante, que te faça pensar e que ao mesmo tempo seja doce, delicada, romântica e sensual ( sim!tem muita sensualidade) se joga de corpo e alma nesse livro.
Tenho que parabenizar a editora Vantentina pelo trabalho gráfico com esse livro, essa edição está simplesmente maravilhosa, tanto os detalhes da capa que tem tudo a ver com a história, quanto a diagramação por dentro. Esse é um livro muito lindo para se ter na estante.

Pin It
0

5 Motivos para ler Um sedutor sem coração - Lisa Kleypas (Ravenel #1)

Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 319
Ano: 2018
Editora:  Arqueiro
Gênero:  Romance de época
Compre: Amazon
Nota: 5/5
Sinopse:
Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon. Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.

Estou um tanto quanto atrasada para postar minha opinião sobre esse livrinho, sendo que li ele no começo do ano e até já finalizei a leitura do segundo volume, mas nunca é tarde para recomendar livros bons, não é mesmo?
Já postei uma resenha dele lá no Blog Romance de época é vida, dá uma passadinha lá para conferir com mais detalhes.
1- Lisa Kleypas sendo Lisa Kleypas, ou seja, a melhor ( The Best):Quem me acompanha há algum tempo sabe que a Lisa Kleypas é a minha romancista de época favorita, então já deve imaginar que eu estava louca para conferir essa nova série, e de fato me apaixonei pelos personagens e pelo universo criado. “Um sedutor sem coração” traz muitos elementos das séries anteriores, mas isso não é algo negativo, muito pelo contrário, fez com que eu amasse mais esse livro. 
Devon e West são demais, melhores libertinos forever. O Devon que é o protagonista desse livro, um cara cheio de charme, mas ainda assim um libertino sem coração. Ele herdou o título e as propriedades da Família Ravenel e já chega querendo vender tudo para conseguir grana, porque não era o objetivo dele ser um Lorde e cuidar das propriedades quase falidas. 
Ele está pouco se importando se as irmãs Ravenel e a jovem esposa do falecido Lorde iriam ficar sem nada, nem que centenas de famílias locais dependiam diretamente do novo Lorde Trenear.  Para resumir ele não está nem aí com a paçoca, quer o dinheiro dele e pronto. Só que com a convivência com as irmãs Ravenel e principalmente com a viúva do primo, Kathleen, ele vai se descobrir abandonando seu lado cafajeste e querendo protegê-las a todo custo.
 O West irmão mais novo de Devon, um personagem que tem uma evolução significativa ao longo do livro, e que para mim roubou a cena do Devon. O West é uma causa pedida, estava só se afundando na bebida e vivendo uma vida de libertinagem completa, mas ao longo do romance ele vai encontrando propósitos para se importar mais consigo mesmo.
2- Mesmo não gostando do casal protagonista, eu adorei toda a trama: Eu achei que o casal Devon X  Kathleen não combinou nadinha, não acho que eles tenha uma química perfeita juntos.Eu adorei o Davon, também achei a Kat uma mocinha muito forte e dona de si, mas os dois juntos para mim não deu muita liga. Só que isso é o de menos na história, porque são perfeitos separados. Mas tem outros personagens que me conquistaram o West e as irmãs Ravenel, principalmente as gêmeas que são umas figuras, morri de rir com essas duas. O cenário do romance, toda a trama criada, a evolução dos personagens foi tudo perfeito, como só a Lisa Kleypas sabe fazer.
3- Temos outra história de amor acontecendo, paralela a essa: Aqui nós vamos acompanhar o começo do relacionamento do Winterborne, um cara podre de rico e de origem plebeia, com a doce e delicada Helen Ravenel, a irmã mais velha das Ravenels. E eu tenho que mencionar que adoro essa premissa de mocinha delicada e fofa X mocinho grandalhão e sem modos. Super adoro esse clichê. Nós vamos ver mais desse casal no livro deles “Uma noiva para Winterborne” e nos deliciar com esse romance incrível.
4- Esse livro é a coisa mais linda: Tanto por dentro, com essa história sensacional, quanto por fora. Tem essa capa  linda e bem condizente com romances de época, adoro trajes de época na capa, o acabamento envernizado deu todo o charme para esse livro, também gosto muito do tipo de página que foi utilizada e a diagramação maravilhosa. 
5- A história tem uma narrativa fluida para ler bem rapidinho: A gente consegue mergulhar dentro da história, tamanhas as descrições das cenas e paisagens. A autora descreve tudo muito bem sem tornar a leitura chata e massante, tudo é muito contextualizado, assim como em todos os outros livros dela. 
Embora esse não seja o meu livro favorito da da Lisa, ainda assim é uma história sensacional que vale muito a pena ser lida.
Ainda não leu esse livro? O que está esperando?  Se joga na leitura meu bem!

Pin It
0

#Lançamento: Pôr do sol no Central Park (Para Nova York, com amor Livro 2)

Resultado de imagem para Pôr do sol no Central Park livro




Se liga na novidade da Harlequin para Outubro. Está chegando "Pôr-do-sol no Central Park" é o segundo livro da série Para Nova York, com amor, cujo primeiro livro é "Um amor em Manhattan¨ ( veja a resenha da Ju).

Sinopse

Após o grande sucesso do livro Amor em Manhattan, Sarah Morgan retorna às livrarias brasileiras com este novo romance da série "Para Nova York, com amor", que vai aquecer seu coração. Frankie Cole e suas duas melhores amigas inauguraram um novo negócio em Manhattan que está sendo um sucesso. Frankie é designer e ama trabalhar com paisagismo de jardins suspensos nos telhados dos arranha-céus da cidade. Entre amizades verdadeiras e um trabalho gratificante, ela tem tudo para ser feliz. Frankie nunca deu muita atenção às relações românticas, sempre preferindo focar em si e no trabalho. Ela e Matt, irmão de sua melhor amiga, se conhecem há anos, mas nunca tiveram nada além de amizade. Até que ele descobre novas coisas sobre a mulher que pensou conhecer tão bem, e decide que não quer passar mais nenhum dia longe dela. Matt sabe que Frankie se mantém segura por trás de sua barreira emocional, mas será fará de tudo para superar os bloqueios conquistá-la.
Lançamento previsto para 10/10/2018


Onde Comprar: SARAIVA  AMAZON


Pin It
0

#Lançamento: Amigos para a Vida - Andrew Norris


Olá pessoal, tudo bem?
Passando aqui para falar um pouquinho sobre o lançamento da Editora Valentina para esse mês de outubro.
"Amigos para a Vida" do autor Andrew Norris é uma história infanto-juvenil sobre amizade, que também vai abordar a temática do bullying. Parece ser um livro fofo e ao mesmo tempo muito emocionante, que promete aquecer nossos coraçõezinhos.
Fiquei muito curiosa com essa premissa de um garoto que gosta de criar roupas de bonecas, não tem amigos na escola, é um esquisitão que de repente se vê tendo como melhor amiga uma garota morta.
Acho que essa obra nos reserva fortes emoções.
Estou louca para ler.

Sinopse

Francis não tem amigos. Ele sofre bullying porque é diferente. Em casa, vive trancado no sótão, onde tem uma fabulosa coleção de bonecas vestidas com roupas que ele mesmo cria. Adora moda e pediu de aniversário uma máquina de costura.
Um certo dia na escola, na hora do intervalo, Francis vai se sentar num banco, no lado mais afastado do pátio, porque prefere a solidão a ser zoado.
Mas nesse dia, sentindo-se triste, ele vê alguém atravessar o gramado na sua direção. É uma menina de mais ou menos a sua idade, embora não a reconheça como aluna da escola. Ela se senta na outra ponta do banco, em silêncio.
Francis fica curioso. E então lhe estende a sua caneca de chá. A menina olha para ele, surpresa e chocada. Afinal, ela é um fantasma, chama-se Jessica, e Francis é a primeira pessoa que consegue vê-la desde que ela morreu.
Entre os dois surgirá uma amizade extraordinária e transformadora.
Amigos para a vida é uma delicada história de amizade – e seu poder transformador – entre quatro adolescentes fora dos padrões dominantes, celebra o direito de ser diferente e é leitura obrigatória para todos que combatem o bullying. Um livro divertido, corajoso e genuinamente emocionante.

Sobre o autor

Andrew Norriss lecionou Língua Inglesa por dez anos até se tornar redator de programas para televisão. Criou e foi corredator de várias séries de sucesso, inclusive adaptando livros de sua própria autoria. Hoje é escritor em tempo integral. Venceu o prestigioso Prêmio Whitbread (renomeado em 2006 para Costa Book Award) com Aquila, e agora, com Amigos para a vida, foi finalista. O Costa Book é um dos mais renomados prêmios literários do Reino Unido, famoso e relevante por premiar não só o talento literário, mas também uma leitura prazerosa. Vive em Hampshire, na Inglaterra. Saiba mais sobre esse extraordinário autor e sua obra em AndrewNorriss.co.uk.


Pin It
0