Dica de Série: Anne With An "E" - Adaptação de Anne de Green Gables

Olá leitores, tudo bem?
Hoje eu quero indicar uma série que assisti recentemente na Netflix, Anne With AnE. Uma adaptação muito fofa e apaixonante do romance “Anne de Green Gables” de L. M. Montgomery.
Como vocês já devem ter imaginado nessa série nós vamos conhecer a Anne, a garotinha mais falante e cheia de imaginação de toda a literatura.
Anne é uma personagem extremamente encantadora. Com apenas 13 anos de idade já passou por muita coisa ruim na vida, perdeu os pais quando ainda era muito pequena para se lembrar deles e desde então se viu obrigada a trabalhar para garantir seu sustento.
Ela tinha tudo para ser uma criança rancorosa, calada, sofrida e problemática, mas é justamente o contrário disso. Ela é uma menina doce, alegre e resolve todos os seus problemas usando a imaginação.
O que menos gosta em si mesma são os cabelos ruivos, que segundo ela era a maldição que iria carregar por toda a sua vida. Com as sardas elas não se importava tanto porque conseguia eliminá-las com a imaginação, imaginava que tinha a pele perfeita, mas o problema com os cabelos ruivos não podiam ser resolvidos nem mesmo com a imaginação.
Do outro lado da história nós temos um casal de irmãos, os Cuthbert, Mathew e Marilla. Dois solteirões já quase idosos. Eles moravam em uma chácara chamada Green Gables, localizada no povoado de Avonlea.
Tudo começou quando os irmãos decidem adotar um garoto do orfanato para ajudar nos afazeres da chácara. Mathew já estava velho e não conseguia dar conta de todo o serviço da propriedade, então a adoção de um menino forte e bem disposto seria a melhor coisa naquele momento.
Porém o destino acaba colocando Anne nos caminhos dos Cuthbert, pois ao invés do orfanato enviar um menino eles acabam enviando ela. 
Na realidade houve uma confusão com o pedido dos Cuthbert e quando Matthew foi buscar o garoto na estação de trem ele só encontrou uma menininha muito ruiva e magrela segurando uma mala velha e surrada.
O velho se encanta pelo jeitinho falante e espevitado da garotinha e acaba levando-a para Greem Gables. Lá Marilla, que era mais pulso firme, saberia o que fazer com a menininha.  Porém, a mulher se recusa a adotar a garota.
Isso acaba destruindo os resquícios de esperanças de Anne, que estava completamente feliz com a ideia de finalmente ter uma família.
É de cortar o coração ver toda a felicidade da garotinha no caminho para Green Gables para que quando chegasses lá descobrisse da maneira mais dura que ela não era desejada.
Mas ela estava determinada a conquistar os Cuthbert e provar que poderia trabalhar na fazenda desempenhando qualquer função que um garoto faria. 
Não demora muito para seu carisma contagiar todos no lugar, o Mathew foi o primeiro, a Marilla foi um pouco dura na queda.
Anne é uma garota muito inteligente, que adora ler e tem um vocabulário bem amplo por isso, seu jeitinho espevitado vai fazer com que ela se meta em algumas confusões, mas também faz com que conquiste amizades incríveis.
Essa é uma série para conquistar o coração de qualquer um. Se você adora filmes e livros com crianças fofas, essa série é para você!
Fiquei tão apaixonada por essa série que assisti a primeira temporada em um piscar de olhos, já estou rendo as unhas de impaciência para que lance logo a continuação. Como curiosa que sou já estou lendo o livro e me encantando mais ainda com a Anne,  posso adiantar que até o momento a série esta bem fiel ao livro, coisa que eu não via há muito tempo.
Em breve eu virei aqui para contar o que achei da leitura, podem aguardar.  Por enquanto fica a dica de uma série delicinha para assistir de baixo das cobertas.



Novidades Literárias: O Campeão de Lady Isobel - Carol Townend ganha nova edição



Estou simplesmente apaixonada por essa capa do novo livro da autora Carol Townend e ainda mais pela sinopse super instigante.
Esse livro já foi publicado pela editora Harlequin há algum tempo no formato de romance de banca, mas agora a editora resolveu apostar em uma edição de livraria. Eu amei a ideia é claro, principalmente pela nova edição ser ainda mais bela que a primeira.
Ao que tudo indica essa história vai se passar no periodo medieval, com cavalheiros e suas espadas e todo esse clima fantástico. 
Será que "O campeão de Lady Isobel" vai ser dos bons?
Já tenho na estante o "Cartas para uma falsa Dama" da mesma autora, mas ainda não li. Contudo posso dizer que a edição esta belíssima e estou gostando do trabalho da Harlequin nesse quesito.
Sinopse
Isobel sabia que a viagem a Troyes seria uma jornada que mudaria a sua vida. Por nove anos ela esperou que Lucien, o conde dAveryon a desposasse. Até que chegou a hora de realizar o enlace. A única dúvida de Isobel era o que poderia tê-lo mantido longe por tanto tempo. Ela sabia que o casamento era um acordo entre as famílias, porém, nunca negou o fato que de se sentia atraída pelo noivo. Lucien Vernon, o conde de dAveryon, se sentia em débito com o falecido pai, por isso decidiu que era hora de cumprir a promessa feita para ele e se unir à Isobel. O que não esperava era a atração que o dominou ao conhecê-la. Lucien Queria uma esposa dócil e obediente, mas a impetuosidade de Isobel acaba sendo um atrativo inesperado. Mas, para conquistá-la, Lucien terá que revelar a verdade que o fez ficar longe por nove anos.

Sobre a autora

Carol Townend escreve romances históricos construídos numa atmosfera vívida da Idade Média. Nascida em Yorkshire, Inglaterra, ela frequentou o ensino médio numa escola de freiras nos penhascos de Whitby. Posteriormente estudou história no Royal Holloway College, em Londres. Ela mora em Londres com seu marido e sua filha.
O primeiro livro de Carol, Sapphire in the Snow, ganhou o premio do RNA para novos escritores. Dois dos seus outros livros foram pré-indicados para o prêmio RONA Rose - Betrothed to the Barbarian em 2013 e Unveiling Lady Clare em 2015. 
Carol ama pesquisar e passa o tempo caçando por desculpas para viajar a pesquisa. Ela pode ser vista cambaleando nos castelos europeus ou se debruçando sobre um mapa medieval.

Sociedade J. MM. Barrie - Barbara J.Zitwer

Autor: Barbara J. Zitwer
Páginas: 288
Ano: 2017
Editora: Amazon
Gênero: Romance 
Adicione: Skoob Aqui
Onde Comprar: Amazon 
Nota: 7,0
Livro enviado pela editora para resenha
Sinopse
Joey, uma arquiteta nova-iorquina que só pensa em trabalho, está em Cotswolds para supervisionar a restauração da majestosa mansão que inspirou J. M. Barrie a escrever Peter Pan. Os moradores da região não foram exatamente receptivos e também havia um problema com o zelador da mansão, um homem que parecia determinado a arruinar os planos dela. Com essa situação, Joey logo começa a pensar que não conseguirá fazer nada certo neste projeto e também em sua vida até descobrir a Sociedade de Natação de Senhoras J. M. Barrie e começar a nadar com elas em sua Terra do Nunca particular. Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grande experiência de vida o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária... Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grande experiência de vida, o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária.


Quando você vê um livro com uma capa linda e uma sinopse muito instigante, o que você pensa? Eu pensaria que o livro seria maravilhoso. Mas infelizmente não foi o caso de desse livro.
Não que a obra seja completamente ruim, que tenha perdido tempo fazendo a leitura. Nada disso, o livro apenas tinha tudo para ser bom, com um começo bem instigante, mas a história não foi muito bem trabalhada.
Nessa história nós somos apresentadas a Joey, uma arquiteta Nova-iorquina que recebe a missão de supervisionar a restauração de uma mansão Inglesa. Mas não é qualquer mansão, é a majestosa Stanway House, onde J. M. Barrie supostamente se inspirou para escrever Peter Pan. 
O objetivo era transformar esse lugar em um hotel, mas ninguém tinha levado em conta a opinião e os sentimentos dos moradores locais, então quando Joey chega a esse lugar ela vai conviver com as pessoas e perceber as relações muito fortes de amizade que existem ali.
Até aqui tudo bem! Essa premissa é maravilhosa, mas a autora não conseguiu trabalhar satisfatoriamente nela, transformando um livro que tinha tudo para ser doce e fofo em algo monótono.
Em diversos momentos a autora foge muito da unidade temática do livro fazendo descrições de cenas e acontecimentos totalmente desnecessários para o contexto da história. Eu até gosto de livros bem descritivo, mas quando tem relação com o contexto. Às vezes a autora descrevia uma cena, aí a personagem lembrava de um acontecimento e essa lembrança ia puxando outra completamente destoante da proposta inicial.

Outro ponto que me incomodou bastante foram algumas atitudes da personagem, de se achar um pouco superior, julgar os outros pela aparência e de ser um pouco sem noção mesmo. Isso fica bem evidente quando ela reencontra a amiga de adolescência e fica apontando mentalmente os defeitos da mulher, o quanto ela esta descuidada e gorda, o quanto os filhos dela são rebeldes e sem educação.
Não sei se foi só eu que me incomodei com as atitudes da personagem, mas a partir dessa parte o livro começou a perder alguns pontinhos para mim. Mesmo assim continuei lendo a espera da parte do romance, que por sinal foi tão frustrante quanto o resto.
Mas eu costumo deixar bem claro que a sua experiência de leitura pode ser diferente da minha. Além disso, o livro tem vários outros pontos positivos para se apegar, a relação de amizade entre as senhoras da natação é um deles.
Recomendo que leia esse livro para tirar as suas próprias conclusões!
Avaliação: Nota 7 e 3 estrelas no skoob.

Sorteio de dois anos do Blog Crônicas de Eloise #BlogAmigo



Olá pessoal, tudo bem?
A Eloise do blog Crônicas de Eloise está comemorando os dois aninhos do blog dela, para comemorar essa data especial nós ( Cailes do Blog Histórias Literárias, Eloise do blog Crônicas de Eloise e Rafa do blog Fascinada por Histórias) preparamos esse sorteio maravilhoso para vocês.
Venha participar!!!
**Vamos as regras:
- Para participar, basta preencher todas as entradas obrigatórias do formulário. Para ter mais chances de ganhar, o participante pode cumprir as entradas opcionais, que serão liberadas pelo formulário.
- É necessário Curtir (e não apenas visitar) as páginas dos Blogs.
- O participante deve residir em território nacional.
- O sorteio será finalizado no dia 07/02 (quando o IG do Crônicas completa 02 anos <3) e o resultado sairá nesse mesmo post.
- O ganhador receberá um e-mail e precisa respondê-lo em até 72 horas.
- Cada Blog será responsável pelo envio de seu respectivo prêmio.
- Os blogs não se responsabilizam por possíveis extravios ou danos por parte dos correios.
- O prazo para envio é de até 45 dias.

a Rafflecopter giveaway

**Prêmios:
Crônicas de Eloise – Livro” Codinome Lady V” + “10 marcadores sortidos”.
Blog Histórias Literárias – Livro “No Seu Olhar” + “10 marcadores sortidos”.
Leituras da Mary – Livro “Pecados no Inverno”.
Fascinada por Histórias – Livro “Quando a Bela Domou a Fera”.
Boa Sorte a Todos!


Resenha Nacional: O beijo da lua - Nanna Valentine Lendas do Amor #1

Autor: Nana Valenttine
Páginas: 118
Ano: 2017
Editora: Amazon
Gênero: Romance histórico/ de época
Adicione: Skoob Aqui
Onde Comprar: Amazon 
Nota: 9,0
Sinopse
Luna Elizabeth Walker é uma doce jovem marcada pela dor. Amparada pelo tio após a morte de seus pais, ela encontra-se encurralada em um caminho sem volta, onde apenas o amor poderá ser capaz de libertá-la.
Quando Michael Preston, sexto Duque de Blanchard, retorna a Londres após seis longos anos, não imagina que poderia se apaixonar instantaneamente pela jovem mais intrigante de toda a sociedade Londrina. Porém a proximidade entre os dois desperta em ambos um sentimento arrebatador capaz de enfrentar qualquer obstáculo.
Mas Luna guarda um segredo. Um segredo doloroso, que pode colocar em risco não apenas o amor de Michael, mas também sua própria felicidade para sempre.
Será o amor capaz de curar e perdoar um coração que foi severamente privado de amar por tanto tempo?
↝↜


Oieee,  Feliz 2018!
Aqui estou, mais uma vez atrasada com as minhas resenhas kkk, para contar o que achei da leitura desse romance de época, escrito pela autora nacional Nana Valenttine. 
Eu li esse livro em novembro para um projeto especial de romance de época que aconteceu por aqui. Também conversamos sobre "O beijo da lua" em um debate coletivo no grupo Clube Virtual de romance de época, mas com a correria de fim de ano acabei postergando a resenha, porém aqui estou para recomendar essa obra incrível para vocês.
Eu digo que esse não é um romance de época para qualquer um, apenas os fortes se apaixonaram por ele, pois acontecem certas “coisas” no decorrer da trama que deixa qualquer um muito indignado. A autora aborda um assunto bastante sério e muito recorrente nesse período do século XIX e que acontece ainda hoje, o abuso sexual.
 Infelizmente não posso entrar em detalhes para não estragar a leitura de vocês com spoilers, mas posso adiantar que a leitura foi sensacional para mim, a Nana conseguiu fugir um pouco do óbvio dos romances de época, introduzindo esse tema tabu e sério, enquanto desenvolve com leveza uma trama romântica e encantadora.
É impossível não se apaixonar pela Luna, protagonista feminina desta história. Uma jovem que perdeu os pais muito precocemente e se viu relegada aos cuidados do tio cruel, um homem com sérios transtornos psicológicos, um ser realmente asqueroso.  
O fato é que Luna foi condenada a viver seus dias sem muitas expectativas românticas, pois seu tio barrava qualquer avanço dos cavalheiros que queriam cortejá-la.  Contudo, a beleza ruiva de Luna era estonteante e não demorou muito para o recém chegado à Londres Michael Preston, Duque de Blanchard, se ver perdido nos encantos da moça.
Luna era uma beleza aos olhos de qualquer um. Sua sorte era grande, já que sua alma estava escondida a sete chaves. Se Michael pudesse vê-la realmente, saberia o quão feia ela era.
O sentimento de interesse foi recíproco. Apesar de Luna saber que o tio jamais a deixaria levar à diante o romance com o Duque, ela acabou se deixando envolver pelo charme irresistível de Michael. O Duque não poupou esforços em suas artimanhas para conquistá-la, mal sabendo ele que estava se envolvendo em uma teia de mistérios, que por baixo de uma fachada de meiguice existia uma mulher com o coração e a alma feridos.
- Quando uma pessoa vive na escuridão e de repente percebe um feixe de luz se aproximando, ela o deixa entrar. Ela abre as portas e as janelas e o deixa entrar. Estou cansada de viver na escuridão, Ethan. Preciso arriscar.”
Será que o nosso mocinho vai conseguir libertar a donzela em perigo?
            Só lendo mesmo para saber, mas posso adiantar que esse mocinho de vez em quando mereceu umas boas palmadas.
Durante o debate que realizamos no grupo pude perceber que esse livro dividiu opiniões, por abordar esse tema polêmico e também pelas atitudes que a protagonista tinha diante do abuso sexual, ou melhor não tinha, como alguns alegaram.  A respeito disso eu também achei que ela poderia ter demonstrado mais sofrimento do que manifestou.
Mas de um modo geral eu gostei muito da forma que o tema foi abordado no romance, além disso, os personagens me encantaram, tanto os protagonistas (Michael e Luna) quanto os secundários Hazel e Eduard , Caroline e Ethan que me deixaram louca de ansiedade para os livros com as histórias de amor deles.
Recomendo a leitura desse livro para quem gosta de romances de época que vão além do trivial, que a trama surpreende e para os apaixonados por uma boa história de amor, sensual, apaixonante e deliciosa.
Avaliação: Nota 9,00 e 5 estrelinhas no skoob. Entrou para a lista dos meus livros nacionais favoritos <3

Uma vez que fora baijado pela lua, ele também nunca mais fora capaz de viver sem ela.”

Resenha:Um Beijo no Natal – Christina McKnight


Autor: Christina McKnight
Páginas: 118
Ano: 2017
Editora: Amazon
Gênero: Romance histórico/ de época
Adicione: Skoob Aqui
Onde Comprar: Amazon 
Nota: 9,0
Sinopse
UM DESEJO DE NATAL...
Lady Pippa Godfrey teve a mais horrenda Temporada em Londres. Ela fugiu para sua propriedade em Somerset para passar um Natal tranquilo com a família, longe dos curiosos olhos da sociedade. Mas, antes de os pais poderem se juntar a ela, uma tempestade assola Somerset e destrói cada esperança que Pippa tinha de ver um Natal coberto pela neve. As estradas inundaram e viajar se tornou impossível, deixando-a sozinha e abandonada. Mas um cavalheiro coberto de lama, irado e diabolicamente bonito aparece em sua porta exigindo abrigo.
Lucas Hartfeld, o Conde de Maddox, tinha sido convocado pelos pais, o Marquês e a Marquesa de Bowmont, para ir a uma festa de natal nesse lugar esquecido por Deus, distante demais da sua casa em Londres. Ele suspeita que eles ordenaram a sua presença por razões muito diferentes do que uma simples festa no campo. Quando uma tempestade faz a sua carruagem encalhar, ele é forçado a procurar abrigo na única casa que viu em milhas, uma mansão local chamada Helton House.
Quando Lady Pippa parece relutante em aceitá-lo, ele faz exatamente o que foi criado para fazer - exige que ela forneça abrigo para ele e para os seus criados até que a tempestade passe. Mas a bela mulher atraiu muito mais o seu interesse do que ele está disposto a admitir. Lucas poderá encontrar um meio de escapar do que os seus pais estão planejando?
Enquanto Lady Pippa examina minuciosamente outro lorde arrogante e mandão, é bombardeada com as memórias das traições que sofreu em seu passado. Ela poderá esquecer aquelas difíceis lições de vida para reclamar um beijo de um completo estranho?
Olá pessoal, tudo bem?
Já estão em contagem regressiva para o Natal? Eu já estou totalmente no clima natalino.
Vou aproveitar para postar mais uma indicação de romance de época com essa temática. Espero que gostem, pois é um livro apaixonante e divertido.
 💗💗💗💗

O natal de Lady Pippa Godfrey seria totalmente diferente dos que ela costumava ter nos anos anteriores, primeiro porque tinha acabado de romper a amizade com sua melhor amiga de infância, segundo porque seus pais não estariam presentes.
Pippa não sabia ao certo o que havia acontecido com Lady Natalie, sua melhor amiga, que levara ela a humilha-la no dia da estreia de ambas na sociedade Londrina. Natalie acabou insinuando para as famílias mais ricas de Londres durante um sarau em sua homenagem que Pippa tinha uma “Paixonite” pelo professor de música de ambas.
Pippa sabia que não era verdade, ela e o Sr. Giles eram apenas amigos. Sem saber porque Natalie estava sendo tão maldosa, Pippa teve que se retirar da sociedade tamanho escândalo que a revelação da ex-melhor amiga havia causado.
O resultado de todo esse caos era que ela estava com a reputação maculada e sozinha. Seu natal seria um fiasco, pois a tempestade que acontecia nessa época do ano impediu seus pais de chegarem em casa após uma viagem.
Naquele natal ela não faria a decoração da casa juntamente com mãe, não assariam biscoitos juntas e muito menos levariam presentes para as crianças pobres do povoado.
A maioria dos empregados haviam sido dispensados para passarem esse período de festividades com a família e ela estava literalmente sozinha.
Ou melhor, não tão sozinha assim, pois ainda podia ler seus livros com as histórias natalinas preferidas, segundo ele “Nada contribuía mais para sua alegria natalina do que os felizes contos de natal
E foi assim, em uma noite em que a tempestade acontecia lá fora e o vento açoitava a sua janela, que um estranho bate à sua porta procurando abrigo, ou melhor exigindo abrigo, mas Pippa não podia abrigar alguém em sua casa estando sozinha, pois corria o risco de ter sua reputação ainda mais maculada.
"Algumas horas passadas com a sua camisola, enquanto lê um livro à luz de velas até quase amanhecer, soava muito mais apelativo para Pippa do que se apresentar ante essa multidão e anunciar a peça que havia sido escolhida para ela tocar, enquanto cada conjunto deb olhos escrutinava cada movimento seu."
Porém o estranho, que mais tarde se identificou como Lord Maddox, não era de desistir fácil das coisas, precisava de abrigo e o teria e Pippa não podia fazer nada para detê-lo.
Mas, conforme os dias foram se passando a atração foi surgindo entre eles, e o espirito natalino mais que nunca acabou unindo os dois e renovando as esperanças de Pippa.
Essa é uma leitura bem rapidinha, com um romance bem amorzinho, ideal para ler nessa época do ano, para entrar nesse delicioso clima natalino.
É o tipo de livro que deixa a gente com um sorriso no rosto e uma sensação deliciosa de paz e amor.
É impossível não amar esses dois personagens e torcer para que fiquem juntos.
Recomendo a leitura para quem gosta de romances leves e divertidos, sem muitas reviravoltas ou acontecimentos grandiosos.
Fica a dica de leitura para esse fim de ano, espero que gostem!

Resenha Nacional: Um Natal com amor - Silvana Barbosa

Autor: Silvana Barbosa
Páginas: 20
Ano: 2017
Editora: Amazon
Gênero: Romance histórico/ de época
Adicione: Skoob Aqui
Onde Comprar: Amazon 
Nota: 9,0

Sinopse

Quando lorde Shakman saiu àquela noite fria de Dezembro, à cata de diversão em algum bordel ou casa de jogos londrinos, não poderia supor que teria seu destino selado de modo irrevogável.Um encontro inesperado muda o caminho do notório libertino, mostrando-lhe novas perspectivas, alterando-lhe convicções,  traçando diferentes prioridades, e abrindo caminho em seu coração para toda a surpresa, ternura e emoção que apenas a descoberta súbita e incontestável do amor pode conseguir!
O Espírito Natalino pode operar milagres!

💝💝💝
Olá leitores, tudo bem?
A resenha de hoje é de um conto superfofo da série "Libertinos" da autora Silvana Barbosa. Uma história bem curtinha e romântica, daquele tipo de conto para ler em menos de meia hora, leitura bem levinha nesse clima gostoso de natal.
Lorde Grayson Shakman, um notório libertino, é do tipo que não se intimida com uma noite de frio cortante. O tempo estava horrível, mas mesmo assim ele decide ir à um bordel na periferia,onde se encontraria com os amigos para mais uma noite de farra.
Porém, sua noite de farra acaba sendo esquecida quando no caminho para o famigerado antro de perdição ele ouve vozes alteradas masculinas e uma voz feminina, que devia estar em apuros. Seu instinto cavalheiresco fala mais forte, e nem mesmo o chão coberto de neve escorregadia, impediu que ele corresse para salvar a donzela em perigo.
Acontece que a donzela não estava correndo perigo, como ele imaginara, e para completar ele acaba pagando o maior mico caindo de bunda na neve em frente da dita donzela.
Melinda Rooney Thompson servia a costumeira sopa aos menos afortunados de Londres, quando um cavalheiro bonito acaba atravessando o seu caminho e mudando a sua vida, assim como ela muda a dele.
A autora Silvana Barbosa nos presenteia com esse conto maravilhoso, cheio do espirito natalino, que nos transmite uma lição de solidariedade, paz e amor.
Apesar de ser uma leitura bem rapidinha de ser feita, esse conto consegue ser terno, reconfortante, delicioso e apaixonante. Deixa a gente com aquela sensação deliciosa de "quero mais".
Foi o meu primeiro contato com a escrita da romancista de época, mas já posso adiantar que estou apaixonada e vou logo ler os seus livros.
Recomendo a leitura para quem gosta de romances de época, fofos, no melhor estilo florzinha (sem muita sensualidade) e também aos que apreciam uma história curtinha sem muitas reviravoltas.
Fique com alguns trechos que espero que te instigue a fazer a leitura.
"Se os aristocratas e a camada mais alta da sociedade estavam tendo dificuldade para conviver com a friagem, mesmo com lares aquecidos por lareiras sempre bem abastecidas, como poderia estar sendo para aqueles que mal tinham um teto para dormir e um pedaço de pão adormecido para comer?"
"Ela não  o conhecia. Não sabia que seu pai era um nobre rico, membro do parlamento. Não imaginava que Grayson Shakman possuía amigos influentes [...]"
"Seu coração ribombou, como sempre acontecia quando estava perto dele."
"Aquele sorriso... Era por isso que estava ali novamente."