quinta-feira, 6 de março de 2014

UM ACORDO ARRISCADO - NICOLE FOSTER


Da hostilidade ao amor era apenas um passo
Arizona,1876.
Jack tinha certeza de que sua vida de aventuras  havia acabado. Estava na hora de sossegar e oferecer um lar estável ao filho recém-descoberto...
Principalmente porque o destino estava a seu favor ,colocando em seu caminho  Hallie Ryan ,uma criaturinha geniosa porem corajosa e linda!
Embora Hallie tivesse jurado fazer qualquer coisa para salvar  sua fazenda ,ela não contava com a possibilidade de Jack Dakota   comprar a propriedade e depois pedir que o ajudasse administra-la ,apesar de o acordo garantir o uso fruto do seu lar  implicava em um grande risco : faze-la perder seu coração para aquele homem fascinante.

Um livro muito gostoso de ler, a maior parte da historia se passa na fazenda  Edens´s canyon, que era propriedade da família de Hallie, mas  que por causa das muitas dividas que seu pai havia deixado antes de morrer foi tomada pelo banco.
Hallie amava aquele lugar onde fora criada, onde viveu bons momentos, por isso trabalhou duro durante  meses para juntar cada centavo e recuperar de volta a propriedade.
  Porém, o prazo estabelecido pelo banco havia acabado e a única razão de continuarem morando na casa era o fato dela ter engolido o orgulho e suplicado por uma ultima oportunidade de ter um  prazo para juntar, roubar ou pegar emprestado o suficiente para salvar a fazenda.
Entretanto, o dinheiro que tão arduamente guardara tinha sumido  da velha caixa de metal,  ela entrou em pânico,  não podia acreditar que Ben, seu irmão, roubara a caixa. Ele estava  viciado em jogos de azar, mas ela sabia muito bem onde ele estaria aquela hora, jogando é claro!
Como se não bastasse ter  roubado o dinheiro da irmã Ben tinha se metido em confusão e por pouco não morrera,  graças a Jack, um homem misterioso  que o salvara de uma briga  de Salon.
Foi ai que os caminhos de Hallie e Jack se cruzaram e foi ódio à primeira vista, ela o achava arrogante e metido, não gostava do fato dele ser jogador e esbanjar dinheiro.
Mas, agora tinha que aturá-lo,  porque não tinha mais para onde ir, pois ele havia comprado a sua propriedade e agora decidira ser um fazendeiro respeitável e cuidar do filho recém-descoberto.
Os dois vivem brigando feito cão e gato por ser jogador e ela desleixada com sua aparência, vestia roupas e homem praticamente tocava a fazenda sozinha. 
A missão dela era fazer com que ele se tornasse um fazendeiro decente, porque ate então, Jack não tinha a mínima ideia de como tomar conta de uma fazenda.
Gostei muito dos personagens.  Hallie  é uma mulher forte e batalhadora, daquelas que vão a luta mesmo, comanda um monte de peões, acalma uma boiada furiosa, mas quando o assunto é sentimento fica totalmente indefesa, pois  ela tem muito medo de ser feliz  de se entregar  à um amor, acabar gostando de Jack e do filho dele, depois ter de partir e deixar tudo aquilo. 
Também não gosta das frescuras da mocinhas da cidade, e não troca um vestido rendado por um par de botas surradas, uma calça velha e a camisa de flanela .
Já ele é o tipo de homem maravilha, brincalhão, carinhoso e apesar de  no passado ele ser um jogador inconsequente e irresponsável eu achei que ele  se tornou super responsável.
O romance se passa no Arizona ano de 1876, ou seja, no velho oeste. Além disso aborda muitas características da época, os vaqueiros, a vida na fazenda e as dificuldades, tudo representado de uma forma bem realista
Foi o primeiro livro que eu li da Nicole Foster, então não tenho base para falar dela,  mas esse romance foi muito bem escrito com riqueza de detalhe eu me senti dentro da historia.
Quanto à capa não chama muita atenção, é a imagem do por do sol com uma mistura de cores e um Cowboy com seu cavalo observando a paisagem. Mas confesso que comprei o livro pela capa e  pela sinopse  que me pareceu muito interessante. 
Geralmente esses livros com capa simples tem historia muito boa  não sei se isso tem base teórica, mas geralmente não me equivoco  nas minhas escolhas.
Apaixonei-me pelo livro e amei ter lido, super recomendo a historia é simples mas muito bem elaborada  eu me senti realmente dentro da historia  tamanha era a riqueza de detalhe da autora retratando bem a vida no campo do século XIX,  os costumes, os cowboys. 
Em fim historia que vale muito a pena ser lida e relida muitas vezes.

                        Nota  9,5 muito bom
      







Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário