Resenha: Rainha da fofoca - Meg Cabot - Leituras da Mary

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Resenha: Rainha da fofoca - Meg Cabot




   Olá amantes da literatura, hoje é dia de resenha do livro Rainha da fofoca da Meg Cabot, o primeiro livro do desafio fuxicando sobre Chick lits. Este se encaixa lá lista como personagem que tem a minha idade.

Resenha
   Rainha da fofoca é um Chick lit animadíssimo, foi publicado pela editora Galera Record em 2010, tem 432 paginas, um livro extenso mas com uma diagramação excelente, é dividido em três partes, contudo ainda se torna uma leitura rápida e agradável.
   Lizzie Nichols nossa jovem protagonista e narradora da história é uma garota de 21 anos, super descolada que fez uma faculdade alternativa de História da moda e esta se formando, ou melhor acha que esta ,  em sua festa de formatura ela descobre que na realidade ainda não se formou, pois para que isso se concretize ela precisa entregar uma monografia de conclusão sobre o curso.
   Todavia ela decide fazer a viagem para Londres, que passou três meses planejando então depois se dedicaria a tal monografia.  O fato é que Lizzie esta viajando para encontrar com o namorado,  Andrew que conhecera na faculdade três meses a trás e decidiu que era o homem de sua vida, fez vários planos para este relacionamento e criou expectativas enormes e de certa forma não fora suprida, pois Andrew era muito diferente do garoto que conheceu ha três meses.
   Após recusar o convite de sua melhor amiga Shary e o namorado Chaz de passar as férias na França em um Chateau  com eles  ajudando na organização de um casamento, Lizzie jamais imaginou ir a esse lugar  e ainda por cima conhecer um cara maravilhoso. Luke era amigo do Chaz  e filho do dono do Chateau em que eles iam passar as férias, é um cara lindo, educado e gentil,  resumindo ” homem perfeito”, mas Lizzie sempre fala tudo, porque fala mais que a boca, pensa uma coisa e quando vê já esta falando.
   No entanto o titulo do livro é equivocado  pois a Lizzie não é uma pessoa fofoqueira  daquelas que fala mal da  vida alheia, ela só tem um pequeno ( Grande) problema, ela abre a boca e solta asneiras nos momentos mais inoportunos, é impressionante como ela não consegue ficar calada. Recomendo a leitura deste livro pois é divertido e leve, adoro o gênero Chick Lit justamente por ter essas características. Em fim neste livro tem, desilusões, humor, um romance muito fofo , que gosta deste tipo de leitura vai adorar.
    Minha opinião
   No começo da história eu não estava achando muita graça na Lizzie, achei ela muito boba, lesada e indecisa, burrinha de dar dó mesmo, em vários momentos eu queria estrangula-la  pois ela não me descia, entretanto resolvi continuar a leitura pois já tinha visto e ouvido resenhas muito positivas e a nota no Skoob era boa .
 
   Porém milagrosamente a partir da segunda parte do livro ( um pouco antes da metade do livro) tudo muda, a Lizzie amadureceu drasticamente e se tornou uma personagem fascinante, parecia que eu tinha pegado outro livro para ler. Resumo da opera, eu só fui  gostar do livro a partir da segunda parte,  a leitura fluiu pois eu fiquei ávida pelos acontecimentos, é uma cena de percalços e reviravoltas o que não torna uma narrativa demasiadamente previsível, a personagem se assemelha a uma garota real que comete erros, que fica indecisa e sem saber o que fazer em alguns momentos

      Este livro faz parte de uma série, veja os outros livros:





Avaliação
   A diagramação do livro é excelente, a capa é bonita e tem a ver com a história  e o mais legal é que ao final de cada capitulo tem um trecho da monografia da Lizzie sobre a história da moda, que ao mesmo tempo que é educativo é muito engraçado, em fim minha nota para o livro é 8,0 e três estrelinhas.


Como imaginei os protagonistas


 Lista 1: O livro que eu li pertence a primeira lista do meu desafio, saiba mais aqui.
  1. Ler um chick-lit nacional;
  2. Ler um teen chick-lit (chick-lit adolescente);
  3. Ler um lad-lit (comédia romântica protagonizada por um homem);
  4. Ler um chick-lit que comece com a inicial do seu nome (não são válidos artigos);
  5. Ler um chick-lit com uma protagonista que tenha sua idade;
  6. Ler um chick-lit que faça parte de uma série (não importa qual volume, se é o primeiro ou o último);
  7. Ler um chick-lit que tenha menos de 300 páginas;
  8. Ler um chick-lit que tenha mais de 500 páginas;
  9. Ler um chick-lit que tenha um alimento (pode ser bebida) na capa;
  10. Ler um chick-lit no qual aconteça uma viagem;
  11. Ler um chick-lit que, por algum motivo, você tenha receio de ler (e explicar o receio);
  12. Ler um chick-lit publicado no Brasil em 2013;
  13. Ler um chick-lit cujo título tenha chamado sua atenção;
  14. Ler um chik-lit que você tenha ganhado de presente;
  15. Escreva em um papel todos os chick-lits não lidos da sua estante. Sorteie um e o leia.





16 comentários:

  1. Oi Mary,
    Já li esse livro tempos atras, gosto muito dos Chick Lists da Meg Cabot, mas esse não foi meu preferido. Indico o Garoto da Casa ao Lado. Ótima resenha!
    Gi,
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/2015/04/filmes-series-sherlock-holmes-atraves.html

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito dos livros da Meg Cabot, mas esse aí eu sempre fiquei dividida em ler ou não. Depois da sua resenha eu acabei de decidindo a não ler, pelo menos por enquanto, mesmo sua nota sendo 8. Acho que Lizzie iria me irritar muito, então prefiro passar! hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Oi :) Tudo bem?
    Faz tempo que eu quero muito ler essa série da Meg Cabot porque a autora é comparada a Sophie Kinsella. O nome do meu blog até tempo a ver um pouco com a série
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro. Parece ser uma história muito divertida. O que mais me chamou a atenção, foi a questão da monografia. Bem criativo trazer a história da modo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oiee!
    Não leio muitos chick-lits, não que não goste, é só que raramente eles aparecem por aqui rsrs
    O livro parece ser bem legal e divertido, também achei o título equivocado já que pelo que você falou Lizzie não é fofoqueira, apenas é uma dessas pessoas que sempre soltam algo no momento inoportuno.
    Enfim, se der de cara com ele eu posso até ler, mas não é uma prioridade no momento.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  6. Oi, não conhecia esse livro, adorei tudo o que voce escreveu sobre ele, mas eu não sei, não consegui me interessar o suficiente para eu querer le-lo

    ResponderExcluir
  7. Falam muito bem de Meg Cabot, fico um tanto quanto curiosa para ler sobre. A diagramação está um luxo hein, boa sorte com o desafio, o que estou fazendo está parado a um mês haha

    ResponderExcluir
  8. Olá Mary
    Falou em Meg Cabot eu já tenho a ideia de que o livro será ótimo!!
    Eu conhecia apenas o livro A Rainha da Fofoca, ainda nao tive a oportunidade de lê-lo, mas não tinha ideia de que o livro fazia parte de uma série.
    Oiii eu amo séries, principalmente seriado com temas médicos... minha paixão <3
    House, Grey's Anatomy, E.R... todas haha
    Essa eu não conhecia e minha nossa, mais uma pra lista... melhor ainda que está finalizada... anotando aqui o nome e vou assitir em breve

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada dessa autora, mas tenho curiosidade, pois ela é muito bem comentada. Sobre Rainha da Fofoca, eu achei a premissa bem interessante, mas quando vi que a personagem começa bem chatinha, eu desanimei, não sei se aguentaria esperar até a segunda parte para que ela melhorasse :/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ola Mary já li outros livros da autora e amei, esse ainda não consegui ler, gostei do fato da protagonista mudar e amadurecer tanto que parece estar lendo outro livro, gosto desse crescimento dos personagens pois nos envolve . Já está em minha lista de leitura. beijos

    Joyce​
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que Luke lindo! Tive vontade de ler o livro só por causa da foto, kkkkk
    Eu nunca li nada da Meg (podem me crucifixar), mas tenho muita curiosidade. Mas, não começaria por esse livro, pelo fato da primeira metade não ser legal. Acho que isso pesaria muito e poderia me fazer ter uma visão negativa da escrita da autora.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi! Gosto muito dos livros da Meg. Sempre me trazem uma reflexão. Ainda não conhecia este. Já fiquei curiosa pra ler! E vou te contar a capa é bem fofinha. Embora não seja das melhores.

    Um abraço!

    Vanessa Vieira
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  13. não li e nem tinha ouvido falar desses ainda kkk
    que doido , como a livraria é grande kkk
    mas achei bacana o pior é que se ler agora vou imaginálos como os atores que você postou kkk

    ResponderExcluir
  14. Olha só! Eu também tenho 21 anos hahaha me identifiquei com sua resenha, pela forma como falou, o livro deve ser bastante interessante, mas sei lá, eu acho os livros da Meg muito previsíveis. Não sei mesmo se leria, tipo, mas pelo que você falou, acho que o livro merecia uma chance!
    Ainda mais se o elenco fosse Kristen Bell e Ben Barnes hahaha adoro de montão e fiquei curiosa para saber o que acontece com a tal monografia, o que acontece nessa viagem a França e tudo mais... Quem sabe eu o leia em breve?
    Confesso que nunca tinha ouvido falar do livro, parabéns pela indicação!

    eraumavezlivrosecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Mary, tudo bem?
    Anda não li este livro, e confesso que apesar de gostar muito de Chick lit, esse não me fisgou ainda.
    Adorei sua resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Eu MORRO de vontade de ler esses livros da Meg, até hoje só li 4 dela, mas nem foram os que eu mais queria e eles foram meio decepcionantes. Mas esse eu quero muito conhecer, gostei de você ter incluído como imaginou os protagonistas.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir

@marycspblog