Resenha: Um amor para recordar- Nicholas Sparks comparando com o filme

09:44




   Olá meus queridos amantes da literatura romântica, hoje trago a resenha e também a minha opinião sobre “Um amor para recordar ”do Nicholas Sparks,  este best  seller já é um romance consagrado, provavelmente muitos de você já devem tê-lo lido.

   O filme Um amor para recordar já é um dos meus  favoritos da vida, muito emocionante é impossível não chorar ao assisti-lo, então decidi ler o livro após ter assistido o filme umas dezenas de vezes . Então vamos conferir a resenha e a minha opinião comparando o livro e o filme. Se preparem que o post vai ser extenso.

Resenha


   Um amor para recordar do autor Nicholas Sparks já se tornou um Best Seller, um clássico da literatura romântica. O best Seller tem mais de  5 milhões de livros vendidos, foi publicado em 1999 e pela editora novo conceito em 2011, o exemplar que li pertence a sétima edição.
   É um a historia curta com 190 paginas, com um prólogo e 13 capítulos curtos, é narrado pelo protagonista Landon Carter que faz uma retrospectiva de sua  época de adolescente, aos 17 anos quando descobriu o amor e se apaixonou pela primeira vez. Aos 57 anos Landon tem uma lembrança nítida de seu primeiro amor e vai contar para nós essa história.

 

   O romance acontece em 1958 na cidade de Beauford , no litoral da Carolina do Norte , Landon é um adolescente  normal como qualquer outro de sua época, com problemas de identidade e familiares, uma mãe super protetora e um pai ausente, com os dilemas de  quem esta começando a descobrir a vida.

   Beauford era uma cidade pequena daquelas em que todos conhecem todo mundo, mas ele nunca havia reparado em Jamie Sullivan a filha do Pastor, até que ele se viu obrigado a participar da peça teatral de fim de ano com ela, Jamie era fundamental na peça, pois era baseada na história de seu pai o Reverendo Hegbert.

   Eles se conheciam desde a infância, mas Jamie era o tipo de garota certinha, com comportamento irrepreensível, filha de pastor e estava sempre pronta a ajudar os necessitados e fazer o bem, sempre carregava sua velha Bíblia e falava do amor de Deus, definitivamente não era o tipo de garota para se convidar para o baile, no entanto Landon não tinha outra opção,  a final não poderia ir ao baile sozinho, pois  seria motivo de chacota de seus amigos, se bem que ir com ela também receberia zoação da turma, mas  ir sozinho seria bem pior.

   Entretanto após se conhecerem melhor a afeição e o amor foi surgindo bem sutilmente entre os dois, Landon começou a se interessar pelo trabalho que ela desenvolvia no orfanato e ate passou a ajuda-la, às vezes tinha que acompanha-la ate sua casa depois dos ensaios da peça, às vezes por livre e espontânea vontade, às vezes por livre  espontânea pressão e assim foi nascendo o amor entre os dois jovens.
 

   Depois Landon percebeu que estava terrivelmente apaixonado pela filha do pastor, mas quando ele se entrega a essa paixão algo é revelado,  algo que mudou suas vidas para sempre.

    Um amor para recordar é uma história apaixonante e ao mesmo tempo dramática, impossível conter as lágrimas no final. A escrita do Nicholas Sparks é muito detalhada e como o romance é narrado em primeira pessoa o autor às vezes acaba desviando do foco da história por conta disso.  Apesar dos pesares não tenho duvidas de que é um romance muito emocionante, daqueles que te faz refletir sobre a vida e posso recomendar a obra para quem ainda não leu.


O filme

 

   O que falar sobre o filme um amor para recordar?  Posso falar que é  um dos mega  favoritos da minha vida, que é muito diferente do livro, pois o protagonista Landon é totalmente diferente do que foi escrito no livro. No livro  ele é um garoto normal com conflitos de identidade comuns na adolescência,  não é popular na escola e tem problemas familiares, mesmo assim é um bom Rapaz. Já no filme ele é rebelde, popular, descolado só anda com a turma da bagunça um autentico garoto problema.

   A história começa com ele fazendo uma traquinagem junto com sua turma, obrigam um garoto que estava querendo entrar para a turma deles a pular em uma lagoa, mas rapaz acaba se machucando gravemente  Landon tenta ajudar mas  a polícia chega, seus amigos fogem e ele também é obrigado a fugir , mas é pego .

   A pena dele seria prestar serviços comunitários , e nesses serviços ele se aproxima de Jamie que é voluntária e participa do clube de teatro, que Landon se vê obrigado a participar, mas a peça é totalmente diferente da que é descrita no livro. Jamie e Landon se conhecem desde o primário, mas ela sempre foi zoada por ele e sua turma, mesmo sabendo disso Jamie se aproxima dele para falar do amor de Deus, mas ele rejeita.

   Após ser obrigado a participar da peça de teatro da escola e de receber o papel principal Landon não tem outra saída, teve que pedir a Jamie que  o ajudasse nos ensaios, mas escondido porque ele não queria que seus amigos percebesse que estava andando com ela, ele comete algumas burradas com ela, no entanto aos poucos acaba se apaixonando e mudando por causa dela.

   O fime é uma adaptação muito diferente e mais linda do livro, e acrescentou  ao livro tudo aquilo que lhe faltou.


Minha opinião sobre tudo isso


   Como disse anteriormente, assisti primeiro ao filme para depois ler o livro. Assisti há muitos anos atrás e comprei o livro no ano passado, pois fiquei  curiosa para lê-lo  pensando que seria igual ao filme, mas não foi.

   Ao começar a ler o livro confesso que me decepcionei um pouco, pois o autor enrola muito nessa história as descrições das cenas são muito enfadonhas e nos momentos em que a leitura esta fluindo o autor nos tira abruptamente da linha da história e nos leva a outros momentos da vida de Landon .

   Outro fator que me levou a decepção foi justamente o fato de o livro ser muito diferente do filme. Pela primeira vez na minha vida eu digo que prefiro o filme ao livro, me desculpe Nicholas Sparks, mas essa é a verdade, não que o livro seja uma porcaria, muito pelo contrário é muito bom, mas o filme é muito mais emocionante  e os personagens mais cativantes, recomendo que leia o livro e assista o filme para que tire suas próprias conclusões.

Avaliação do romance


   A narrativa não é muito fluida, mas é bem descritiva possibilitando dar assas a imaginação. Os personagens são cativantes e contrastantes, a capa é bonita e a diagramação do livro ótima. Minha nota para  o livro é 08 e três estrelinhas.



 

VOCÊ PODERÁ GOSTAR DE:

28 comentários

  1. Ooi, tudo bom? Não sabia das diferenças entre o livro e o filme, sou totalmente apaixonada pelo filme mas infelizmente ainda não li. Como assim o Landon não é um badboy? Eu amo o fato de ele ser descolado e todo malvado e acabar derretido pela Jamie <3 Uma pena que ele não seja assim no livro. Adorei a resenha e o blog, já estou seguindo :D
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é menina, no livro ele é um menino bonzinho e indeciso por isso que gosto mais dele no filme, justamente por ele ser um bed boy descolado deu um charme mais encantador pelo personagem. Um abraço.

      Excluir
  2. gostei bastante da resenha e das pontuaçoes sobre livro e filme, Nicholas Sparks é bem lido, eu tenho um livro dele aqui e ainda quero ler!

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
  3. MENINAAAAAAAAAAAA você é das minhas! Eu também assisti ao filme anos atrás e esse ano li o romance e fiquei... WTF?! Não conseguia acreditar MESMO no tamanho da diferença, o filme me fez querer mais, o filme até hoje quando assisto eu choro feito uma maluca, mas o livro eu nem fiquei assim tão empolgada.
    Outro filme/livro que eu também preferi ao filme foi O lado bom da vida, conhece? Esse eu assisti ao filme e me apaixonei pelo Bradley e a Jennifer, dai eu fui ler o livro e fiquei pensando... SERÁ QUE É A MESMA HISTÓRIA? hahahaha porque parecia absurdamente diferente!
    Adorei o seu blog e sempre vou retribuir a visitinha que fizestes no meu. Um beijo grande <3

    http://eraumavezlivrosecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Mary, parabens pela resenha, mas eu não sou muito de Nicholas Sparks, eu ate ganhei um dos livros dele faz um bom tempo e ainda não comecei nem a ler, não sou muito de romance, mas obrigado pela dica, acho que irei olhar o filme quem sabe eu não fique curiosa para ver o quanto o filme é diferente do livro e me interesse em le-lo, obrigado pela dica

    ResponderExcluir
  5. Vi o filme uma vez e fiquei tão deprimida que nem me arrisquei a passar perto do livro, ( estava numa fase péssima no quesito amor), mas achei interessante saber das diferenças entre livro e filme ( apesar de nunca ter lido uma obra do Nicholas) ótimo texto, sucesso e parabéns!

    http://derepenteblogueidsc.blogspot.com.br/2015/04/se-acalme-meu-bem.html

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    Eu sou um grande Fã do Nicholas Sparks, para mim ele é um grande escritor e guionista, no entanto costumo achar o livro bem melhor que o filme. Mas adorei ver as diferenças entre o livro e o filme :) Vou voltar a rever o filme.

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  7. Eu assisti primeiro ao filme e depois o livro, e confesso que quando assistir o filme tinha acabado de terminar um noivado de cinco anos , achei que fosse morrer de tanto que chorei assistindo, Qdo li o livro já bem e em outro noivado pq se passaram anos foi a mesma choradeira, esse livro é lindo demais é impossível alguém não se emocionar, adorei a resenha
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Eu vi o filme e até chorei hehehehehehhe
    Não é o tipo de leitura que aprecio, só li e assisti uma vez e não tenho vontade de reler a história, é emocionante, mas não é algo que pertença mais ao meu mundo literário...
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Já vi esse filme dezenas de vezes, a minha mãe é apaixonada por ele rsrs
    O livro ainda não li, mas com todas essas diferenças, prefiro deixar assim hihi
    Aquela cena dela cantando toda linda é maravilhosa!
    É uma história bem clichêzinha, mas é gostosa de ver e rever repetidas vezes.
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Olá, já assisti ao filme e gostei muito. Quanto ao livro, tenho ele há alguns anos na estante e nunca li. rs Mas pretendo ler, pois parece ser um romance lindo e comovente.
    Adorei ver a sua opinião sobre as obras, livroxfilme.

    beijinhos

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Esse filme é lindo derramei litros de lágrimas, um amor lindo, tocante e ao mesmo tempos sofrido que somente Tio Nick consegue , tantas emoções , Basta eu ver o trailer e já me emociono. A cena da peça do Teatro é linda. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Poxa, eu amo Nicholas Sparks e sem dúvidas este é um dos melhores dele, adoro a história e como tudo foi narrado, sem contar o filme, choro litros toda vez que assisto, então sou bem suspeita para falar de tudo dele haha
    Ótima resenha.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Acho o filme lindo! Só nunca li o livro. Devo dizer que acho Um amor para recordar, o filme, muito mais emocionante do que A culpa é das estrelas.
    Não consigo gostar da história de ACE justamente por achar que não traz nada de novo em termos de falar sobre jovens com câncer.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu li este livro há muito tempo. Foi um dos primeiros que li do Sparks e na época ele veio em uma publicação da revista "Seleções do Reader's Digest" todo mês além das revistas vinha um livro de capa grossa com 4 livros dentro.

    O primeiro que li foi este, mas o nome era Um ano inesquecível. ( prefiro este nome do que o atual)

    Depois de muito tempo, uma professora passou este vídeo na escola e de cara percebi que era uma adaptação do livro. Até gostei, mas sinceramente eu prefiro o livro. cortaram muitas coisas interessantes. Os detalhes que você mencionou na resenha eu achei essenciais no livro. E no filme, achei que ficou faltando alguma coisa. A Jamie, por exemplo. Cem vezes a do livro. A do filme fugiu muito da proposta... Eu acho.

    Um abraço
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  15. Oi Mary, tudo bem?
    O livro eu ão li e me surpreendi por vc achar melhor o filme que o livro, pois geralmente é o contrário.
    Já assisti o filme algumas vezes e chorei muito e só de ler a sua resenha meus olhos se encheram de lágrimas.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito do filme, mas não gostei muito do livro. Foi um dos ultimos livros do Sparks que eu li, e simplesmente não me pegou. Claro que a história é simplesmente linda, mas a escrita dele me incomoda em vários pontos.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Aiii, o filme é lindo mesmo, e também é um dos meus favoritos. Sempre choro, é inevitável. Não li o livro, embora tenha há mais de um ano, e também não sabia que eram tão diferentes. acho que serei como você, e vou gostar mais do filme, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá tudo bem?
    Definitivamente não me interesso por livros do Nicholas Sparks, quanto ao filme creio que assisti a muitos anos atrás e não lembro rs. E o que vc percebeu, o filme ser melhor que o livro, é algo raro na minha opinião. Me deixa ainda com menos vontade de ler kkk. Bjus!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oiee!
    Quem nunca assistiu esse filme que atire a primeira pedra né.
    Já assisti esse filme inúmeras vezes mas nunca li o livro, tenho uma baita vontade que só cresceu agora por saber que o Landon do filme e o do livro são bem diferentes.
    Apesar de você ter se decepcionado com o livro ainda assim quero ter minha própria opinião, por isso ainda quero lê-lo, sim os livros do Nicholas sempre tem aqueles detalhes demais e isso muitas vezes cansa, porém o que podemos fazer né.
    Pretendo ler o livro e depois vê o filme para comparar.
    Até mais!!

    ResponderExcluir
  20. Olá flor, amei sua opinião e resenha. Também concordo com você, prefiro o filme do que o livro. Mas para mim amo os dois. Mas me emocionei mais com o filme e tem alguns detalhes do filme que gostei mais do que do livro, assim vice-versa.
    Mas os dois vale a pena conhecer...
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  21. Olá Mary
    Eu adorei o jeito que fez a sua resenha comparando o livro com o filme.
    Confesso que eu também amei o filme e não curti muito o livro, mesmo ele sendo muito bom também. Acho que ele enrolou demais no livro.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Aaah nao faz isso com meu coração kkkk
    gosto tantos dos livros do Nicholas Sparks, ainda terei todos :v
    Esse filme é top e eu não imaginava que tinha essas diferenças assim do filme com o livro não... haha' Gostei da resenha :v parabens

    http://euvoumaisalto.hol.es

    ResponderExcluir
  24. Nunca assisti ao filme e confesso que não gosto da escrita do Nicholas Sparks. Já tentei ler e não tive a menor paciência. Mas acredito que seja uma questão de gosto pessoal mesmo. Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Esse é um dos meus livros preferidos do autor <3 Os livros do Sparks são sempre adaptados de forma diferente pro cinema. Mas esse é um dos casos que, apesar de diferente, eu amei demais o filme também. Esse livro é singelo e emocionante. Adorei

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  26. bem...o que posso falar...chorei com o livro....chorei com o filme....mas o livro é mais intenso e, como vc disse, diferente do livro....o livro tem mais emoção...
    Nicholas escreve muito bem....apesar que todos os seus livros são intensos e angustiantes....
    Sua resenha está perfeita. Quando li o livro tinha imaginado algo diferente mas com a leitura teve momentos que senti raiva, quis parar....mas fui até o fim...e amei....
    beijos

    ResponderExcluir
  27. Assisti e tenho o filme e chorei horrores. É uma história doce, mas muito triste.
    Não li o livro e não sabia dessa diferença existente. Agora fiquei até curiosa para ler e fazer a comparação entre ambos.
    Sparks é um ótimo autor, mas o considero um pouco prolixo.

    ResponderExcluir