Resenha: Extraordinário - R. J. Palácio - Leituras da Mary

domingo, 21 de junho de 2015

Resenha: Extraordinário - R. J. Palácio

   
   Olá pessoal, hoje estamos estreando uma nova coluna aqui no blog, intitulada “Incentive a leitura de  uma criança” esta coluna visa dar algumas indicação de livros e orientação para os adultos de para incentivar os hábitos de leitura em uma criança ou  adolescente. Dicas de livros seguindo a faixa etária recomendada para cada criança, livros que elas possam se identificar com os personagens, teremos também dinâmicas e curiosidades sobre essa temática para que vocês adultos possam repassar ás crianças.
    Espero que gostem, vamos a nossa primeira dica?


Sinopse

 O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Resenha
   Extraordinário foi escrito pela autora R.J Palácio e publicado pela editora intrínseca em  2012, com 320  paginas e dividido em  partes não capítulos , cada uma dessas partes é narrada sob o posto de vista de pessoas próximas de Algust nosso protagonista, possui uma linguagem dinâmica e de fácil compreensão. Não possui muitas ilustrações, apenas algumas no começo de cada parte, o livro não tem capítulos, mas é dividido por essas partes e por assuntos e esses assuntos são bem curtos cerca de uma pagina e meia, podendo ser lido por uma criança de  10 anos sem prejuízo de compreensão.
   Neste livro vamos conhecer o August um garoto de 10 anos que nasceu com uma doença grave que deformou completamente seu rosto, passou por várias cirurgias altamente dolorosas para tentar reconstituir a face, no entanto mesmo após tantas cirurgias seu rosto ainda exibe sequelas da doença.
                                 
   Algust tem uma família linda e muito unida, com pais maravilhosos e dedicados, uma irmã mais velha a Via a qual ele ama muito, além de Daisy a velha cadela de estimação que é como se fosse um membro da família.  Em casa ele leva uma vida normal, apesar de seu estado de saúde inspirar cuidados, é fã de Star wars, joga vídeo game tudo normalmente como um garoto da sua idade. Mas ao sair do conforto de sua casa é impossível não ver as caras de nojo  das pessoas quando veem seu rostinho deformado.
                         
   O fato é que por causa dos seus problemas de saúde o menino sempre estudou em casa, entretanto seus pais acharam que seria interessante o ensino fundamental 2 em uma escola regular, onde pudesse conviver com outros garotos normais de sua idade, a fim de desenvolver suas habilidades de fazer amigos e ter uma convivência normal com as pessoas.
   No inicio ele fica muito apreensivo com essa exigência dos pais, temeroso de que não agradasse os colegas, que não conseguisse se enturmar ou pior,  que eles zombassem dele e o maltratasse. Mesmo com toda essa apreensão Algust decidiu experimentar essa nova etapa da sua vida, após conhecer a escola e seus colegas de classe  ele conseguiu superar um pouco seus medos e decide estudar na tal escola.
   Frequentar a escola sempre tem suas dificuldades até mesmo para uma criança normal, mas pode ser um pouco pior para um garoto deformado, crianças são sempre crianças, não conseguem esconder seus sentimentos e podem ate ser cruéis com aqueles que não se encaixam nos seus padrões. A trajetória do primeiro ano escolar de August não foi fácil, diversas vezes ele passou por humilhações, tristezas, sofrimentos, mas também conquistou amigos leais com sua inteligência e bom humor.
   É uma história de superação e aceitação, foi um livro muito enriquecedor que transmite vários conceitos positivos e faz refletir sobre a vida e as atitudes que tomamos, aborda o preconceito e a discriminação de uma forma bem realista e ensina o verdadeiro sentido da amizade e do amor. Recomendo  para crianças a partir dos dez anos de idade e também para pessoas adultas, pois contém uma história cativante.

Minha opinião
   Este livro deveria entrar para a lista dos livros que todas as pessoas deveriam ler , por sua diversidade de ensinamentos e lições de vida e respeito as diferenças.A pesar de ser uma história “pesada”, pois fala de sofrimento e discriminação, ela é abordada de forma muito divertida e fácil de compreender, acredito que é capaz de prender uma criança de 10 anos sem a menor dificuldade, até porque o August tem essa idade então pode acontecer uma identificação com o personagem.
   A autora expressou uma carga dramática bem interessante, eu me descobri em vários momentos com os olhos úmidos de lagrimas, com um sorriso nos lábios, dando gargalhadas. Realmente marcou minha vida e recomendo muitíssimo, garanto que a linguagem é fluida e envolvente capaz de prender a atenção de leitores de todas as faixas etárias.
Nota 9,0 para este livrinho e quatro estrelas.



Indicação


22 comentários:

  1. já li coisas lindas sobre esse livro incrível, mas ainda não o li. Temos ele aqui em casa e minha irmã fala muito bem dele, pude através de trechos navegar um pouco no universo e na proposta do livro, lerei ele ainda esse ano, mas tenho um lista extensa de livros pra ler antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lei sim Augusto , posso garantir que você não vai se arrepender, pois ele esta nas listas de livros que todos deveriam ler de vários blogueiros.

      Excluir
  2. Mary, gostei bastante da sua ideia de nova coluna.
    Acho que apesar do assunto ser um pouco pesado todos deveriam ler esse livro, porque como você disse as crianças poderiam se identificar com Algust de alguma maneira.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem bom que gostou da resenha Déborah, este livro traz uma temática pesada abordada de forma leve e corriqueira, também acredito que as crianças a partir de 10 anos vão ler e adorar.

      Excluir
  3. Oi Mary, adorei esse projeto, afinal, todas as formas de incentivo a leitura são válidas. Estou com esse livro para ler, só aguardando a oportunidade e tenho certeza que é uma ótima indicação, pois pelo que você nos contou o livro traz varias lições de vida que todos merecem conhecer e se inspirar. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  4. Estou com este livro aqui, mas ainda não tive tempo de ler,o que é uma pena, pois sei que é uma leitura ótima.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Oi Mary..
    Também adorei esse livro e acho que todos deviam ler mesmo. É o tipo de livro que não tem idade.
    Também achei a autora soube colocar uma pitada de divertimento, pois Auggie fazia brincadeiras com ele mesmo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, o que achei bacana do livro é fuga de esteriótipos normatizados tão comum na literatura, como você disse, muito bacana para crianças...

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é tão, tão lindo que não cabe em palavras.
    Concordo com você, todo mundo um dia devia ler esse livro. Sou apaixonada.
    Beijos

    Débora | www.emcadapagina.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Mary!
    Parabéns pela nova coluna!! Acho mesmo que as crianças deveriam sair um pouco do PC e ler um livro. Quando eu era criança (faz tempo, viu?) Não tinha computador, nem internet, nem celular e eu lia muito, todos os tipos de livro e adoraria poder ter lido Extraordinário naquela época, teria aberto muito meus horizontes. Mesmo assim, quero ler esse livro ainda, ele tá muito na minha listinha!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Oi flor, amei essa sua ideia de indicar livros para os pequenos e adolescentes. Eu criei uma ano passado e indico livros infantis no blog para as mamães, titias e irmãos darem de presente aos pequenos.

    Esse livro livro eu indicaria para todas as idades, dos adolescentes aos adultos, porque pelo que tenho lido sobre ele por aí , ele nos traz bastante lições.

    Amei a sua resenha.


    bjs

    ResponderExcluir
  10. Muito, muito interessante. Ouço falar tão bem de Extraordinário, mas ainda não tive a oportunidade de ler essa história. Para sua coluna acho que seria legal ler o Como Treinar o seu Dragão, é super legal para as crianças já dei de presente para dois priminhos meus e eles simplesmente adoraram, é uma grande aventura!

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Mary, tudo bem? Gostei bastante da coluna... acho que é sempre válido ler para uma criança e incutir nelas o gosto pela leitura. Adoro esse livro, ele possui uma mensagem maravilhosa sobre a diversidade e fora que o Auggie é realmente incrível e acho que todos podem se identificar com ele, mesmo não tendo a doença dele, quem nunca se sentiu fora do lugar? Diferente? Excluído. A mensagem que o livro passa é de aceitação, amizade, e fora que os preceitos do Sr. Browne são simplesmente incríveis.

    Tem alguns livros infanto-juvenis com personagens com a síndrome de Aspeger que são ótimos, "Passarinha" e "Colin Fischer".

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  12. Oie! Tudo bem?

    Muito bacana esse programa de incentivar a leitura às crianças... Parabéns! Eu adorei a resenha. Tenho esse livro aqui e preciso lê-lo. Leio muitas resenhas positivas sobre ele.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  13. Adorei a iniciativa da coluna. Achei uma ótima ideia e vai ajudar alguns pais perdidinhos kkk
    Eu tenho muita curiosidade de ler esse livro pois tenho certeza que ele vai mexer comigo.
    Gosto muito de histórias assim então espero poder lê-lo em breve.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  14. Olaa
    Sua resenha esta otima e sou suspeita para falar pois amo esse livro, um dos mais lindos que ja li, tem tantas lições e acho que todos deveriam ler esse livro.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  15. Oi oi!
    Extraordinário se tornou um dos meus livros favoritos da vida <3
    R.J. Palacio soube escrever uma história única e nos ensinar muitas coisas em um livro tão simples e fofo!
    Amei a resenha e amei saber que você gostou do livro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bom?
    Esse livro é realmente marcante. Amo essa história e gosto da força de vontade e da delicadeza do Auggie. Ele é um garoto extremamente especial que cativa todos a sua volta. Sempre recomendo esse livro para todos.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá :D
    Que coluna bacana!! É muito bom, a incentivação de leitura as crianças, eu mesma comecei a ler desde cedo :D
    E esse livro, é muito amor! Ele é extremamente marcante,é uma historia linda de vida, e recomendo a todos a leitura.
    Beijos
    Camila S.
    http://www.leitorsagaz.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oie,
    adorei a ideia da coluna. Acho que todas as crianças deveriam ser incentivadas desde muito cedo a ler.
    E Extraordinário é um livro livro, e quando eu tiver meu filho, com certeza ele vai ler, porque a estória é linda, e acho que todos deveriam lê-lo em algum momento *-*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá
    Já li várias resenhas falando super bem deste livro.
    Mais pra frente pretendo dar uma chance e lê-lo.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Achei bem interessnate a resenha e super concordo que esse livro deveria entrar para lista em que todos devem ler. E o livro trata de assuntos "pesados" como você colocou mas é de uma forma tão leve e causa tanta reflexão. Extraordinário é o tipo d livor que faz juz ao título.

    ResponderExcluir

@marycspblog