Resenha Nacional: Horas Noturna - Bianca Carvalho - Leituras da Mary

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Resenha Nacional: Horas Noturna - Bianca Carvalho

Olá genteee, hoje é dia de resenha nacional, um romance policial ambientado no século XIX, receita para cativar as ávidas devoradoras de romances históricos como eu.
Venha conferir um pouco de Horas noturnas!
Resenha
Horas noturnas é um romance escrito pela autora nacional Bianca carvalho e publicado pela editora Era Eclipse, toda a trama está ambientada na Londres de 1863, a mesma cidade do nosso detetive Sherlook Holmes.
Nele vamos conhecer a Marianne Lestrange uma jovem incomum para sua idade e para sua época, pois não gostava das mesmas coisas que todas moças amam, bailes, flertes e as frivolidades da alta sociedade. Era filha de um detetive ex-inspetor de policia, a profissão dele sempre a fascinou até mesmo ela mostrava aptidão para resolver os casos designados a o seu pai, mas sempre a desencorajava dizendo que não era profissão de mulher.
Um misterioso assassino esta fazendo vitimas varias mulheres jovens na mesma faixa etária de Marianne, o detetive Lestrange era um dos melhores na profissão, por isso foi chamado pela policia para resolver o caso. Porém a semelhança das vitimas com Marianne o deixam transtornado, havia perdido a esposa em circunstâncias trágicas e não queria que a filha tivesse o mesmo destino.
Encontrar o Assassino da esposa era seu dever e essa onda de assassinatos similares aos dela era uma pista. O Criminoso tinha um padrão em todos os seus assassinatos, o que o distinguia entre outros criminosos, matava apenas mulheres jovens com idade entre 19 e vinte e poucos anos, elas era assassinadas com requintes de crueldade, e sempre junto com o corpo da vitima era encontrado um bilhete com uma frase de Edgar Alan Poe.
As frases a principio parecia não ter significado algum para Lestrange e para os policiais, mas quando Marianne segurou o primeiro bilhete nas mãos, tudo se esclareceu, era uma pista deixada pelo assassino indicando qual seria o local do próximo crime. Vários assassinatos foram acontecendo, as vitimas sempre encontradas nos locais indicados e ninguém conseguia fazer nada que pudesse impedir.
Outra figura misteriosa entra em cena, um justiceiro mascarado, com um senso de justiça tão deturpado, punindo com a morte todos os bandidos e assassinos de Londres, ninguém conhecia seu rosto, pois ele sempre aparecia vestido de preto e com uma mascara na face. Ao que tudo indicava o sujeito mantinha relações com o pai seu pai e exercia nela um facinio tão poderoso cegando-a para outros homens.
Nem mesmo as atenções do belo e nobre Darren Charmichel desviava seu interesse no Caçador. Darren era o oposto do outro homem, era gentil, agradável, um perfeito cavalheiro e o mais importante mostrava-se muito interessado nela. Já o Caçador era implacável, sarcástico, e as vezes um pouco cruel, ela notava seu interesse masculino, mas ele jamais admitiu algo.
Dividida entre dois homens singulares, com um assassino excêntrico com predileção pela poesia de Edgar Allan Poe  á sua espreita e um pais super protetor que lhe escondia segredos, Marianne vai tentar levar a vida como uma garota norma, o problema é que o mistério sempre a persegue.

Minha opinião
Horas noturnas é um romance histórico com uma pitada de romance policial, com muitos suspenses, aventuras eletrizantes, romances fofos e revelações bombásticas. Um dos melhores livros de romance policial que eu já li, se eu já adoro um bom romance histórico imagine ainda mais quando tem um suspense a ser resolvido.
Mas esse livro tem dois suspenses maravilhosos a ser resolvidos, quem é o vilão ou vilão (as) o assassino cruel com predileção pela poesia macabra de Edgar Alan Poe. O outro é quem é o “Caçador” o homem misterioso que faz justiça com as próprias mãos, um anti-herói que ganhou o coração da mocinha Marianne.
Todo o livro acontece nesse clima de suspense, investigações e romances especialmente porque tem um triangulo amoroso no mínimo estranho.  Eu entendi o lado da mocinha, também não saberia por quem me apaixonar, se seria pelo belo Duque de Walfair, Darren Charmichael que é um perfeito cavalheiro e que demonstra muito interesse nela, ou se o nosso coraçãozinho bate mais forte pelo misterioso Caçador, charmoso, arrogante e sensual.
Fiquei de queixo caído  com as revelações finais e mesmo tendo adivinhado logo no inicio a identidade secreta do Caçador eu adorei acompanhar o desenrolar dos fatos. É um livro que eu super recomendo, tenho certeza que vai cativar vocês assim como me cativou,  já é a minha segunda leitura do livro, porque  percebi que não tinha feito a resenha para vocês, e como vocês sabem eu sempre recomendo a releitura de livros que nos encantaram, pois acabamos nos apaixonando ainda mais.
Avaliação: Nota 9,5 no meu conceito e 5 estrelinhas no skoob.

Não se esqueça de deixar um comentário aqui abaixo contando para mim o que achou dessa resenha, me conte também se já leu o livro ou se pretende lê-lo. Grande abraço e até a próxima.

21 comentários:

  1. Amo romances históricos! Mais um para a minha lista!
    Ele é escrito em terceira ou em primeira pessoa?

    ResponderExcluir
  2. Uau, não tem como ignorar essa resenha! Haha. Eu gosto muito de romances policiais, mas nunca li um nacional ambientado na Londres do séc. XIX. Acho que vou me encantar por essa protagonista que não é "uma donzela indefesa", mas uma corajosa mulher que deseja desvendar casos complexos. Gostei, gostei. Vou ler um dia, com certeza!

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Mary,
    Esse livro parece ser muuito eletrizante. Aquele tipo de leitura que não conseguimos parar em nenhum momento. Adorei conhecer um pouco mais sobre a obra e achei bem bacana essa mistura de gêneros que o livro tem. Outra coisa que achei muito legal foi a presença da poesia macabra de Poe.
    Preciso desse livro urgentemente!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Olá amore!
    Não curto muito esses romances históricos – primeira impressão, embora tenha curtido bastante a capa do livro... Ao ler a sua resenha confesso que fiquei mega curiosa pra ler esse livro, parece ser bem interessante!
    Além de se tratar de um romance policial, o fato de ser nacional me encantou ainda mais!
    Dica anotada!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Conheci esse livro há algum tempo pois participei de um evento em que a autora era convidada. Já na época fiquei curiosa com a trama e com vontade de o ler e a sua resenha conseguiu me instigar ainda mais a ler esse livro e saber no que resultou essa mistura de romance histórico com policial.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não conhecia o livro mas ele traz tudo o que eu gosto em uma leitura!!! E ainda sou apaixonada por romances de época ou históricos e meu gênero preferido é o policial. Gostei muito de conhecer o livro aqui no seu blog e espero que eu venha a ler e gostar também!!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? :)
    Não consegui me interessar muito, mesmo após ler a resenha, porque não faz parte do meu tipo favorito de leitura. A capa é muito bonita, mas acho que seria melhor ainda se não tivesse essa moça na capa :/ ficou estranha a cara dela.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Acho que de romance histórico tudo que cheguei perto foi dois livros de releitura de sherlock holmes, e é bem legal. Ainda tenho que terminar a coleção. De qualquer forma, esse em questão, achei que fosse fantasia e não policial, pelo menos foi a impressão que a capa me passou. A sua resenha me surpreendeu e não imaginava um livro com tanto suspense e reviravoltas, gostei demais e quero muito conhecer, principalmente por causa desse final que te deixou de queixo caído.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie,

    Não sabia que esse livro era de autoria da Bianca. E pela sua resenha ela tm uma escrita ou ideias baseadas em Harlan Coben não é? Essa questão de série policial e assassinatos sempre me motivou a ler o livro mesmo que ele não seja tão bom. E tem uma mistura do King também quando traz o assassino sombrio e misterioso. Pareceu com It.

    Gostei de como vc desenvolveu a resenha.
    Abcs

    ResponderExcluir
  10. Oi Mary! Tudo bem?
    Esse livro ainda não conhecia, mas já foi para minha lista! Amo a escrita da Bianca! Ele escreve maravilhosamente bem! Isso sem falar que é histórico, gênero que amo! Dica anotada e parabéns pela resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Li este livro em um desafio que fiz no ano passado. Lembro que quando o escolhi pensei que ele seria mais assustador, mas não foi o que vi, mesmo assim eu gostei da leitura. Foi meu primeiro livro da Bianca e espero ler outros.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi querida,
    Nossa que resenha mais complexa, você esclareceu bastante fato sobre a história e me fez ficar curiosa pelo livro. Essa capa é linda, e lembra o livro Noiva Fantasma (publicado pela editora DarkSide), mas o enredo desse livro é totalmente diferente e envolvente. Fiquei pensando se pode haver mais vilões no livro (será)?

    P.S vou procurar esse livro por vários fatores: Capa, história e porque é um nacional (rsrsrs)

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Não conhecia esse livro e gostei de vê-lo aqui. Sua resenha ficou ótima. Eu gosto bastante de romances históricos e policiais, então acho que iria adorar a leitura. Dica anotadíssima! Ah, achei a capa muito bonita :D
    Espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Eu adoro livros históricos, mas romances policiais não são os meus favoritos *-* Não sei por que, mas essa coisa de mistério, suspense e etc só consegue me chamar a atenção em filmes e séries *~* Maaas.... eu tenho uma quedinha por anti-heróis, então estou indecisa aqui...hehe' Aiaiai, essas revelações finais... Me deixou curiosa agora kkkk'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Não conhecia o livro, mas me interessei bastante pela premissa. Romance de época + Suspense = receita de sucesso! Hahaha. Adoro livros que me deixam na expectativa em saber o que virá na próxima virada de página, e pelo que li na sua resenha esse livro tem bem essa pegada. Estou bem curiosa para conhecer melhor a obra.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Adorei a premissa e vou sim acrescentar a minha lista.
    Amo romance policial e já estou pensando quem poderia ser o caçador dentro do circulo social da mocinha.
    Não li ainda e já estou na duvida sobre o shipp, imagina enquanto estiver lendo?

    ResponderExcluir
  17. Oie;
    Acho que a palavra pra mim aqui, é surpresa. Pela capa eu diria que é um terrorzão, na sinopse diz que é um romance policial, mas na verdade é um romance histórico com pitadas de policial. No mínimo, tudo isso só me deixou curiosa pra fazer a leitura, ainda mais você gostando tanto.
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Esse livro tem todos os ingredientes que gosto, um suspense com uma pitada de romance. Amei o enredo, fiquei curiosa para saber quem é o assassino e se é o mesmo assassino das jovens e da mãe dela. Parabéns pela resenha empolgante, você relatar que é um releitura só aumentou a vontade de ler.
    Beijo

    http://capsuladebanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Mary! :D
    Horas Noturna está na minha lista de desejados, eu quero ele loucamente pois envolve tudo que amo em uma história! <3 Achei que a capa está muito linda e fico feliz de ver um nacional com uma resenha super positiva. <3
    Eu tenho que conhecer esse triângulo amoroso menina! kkkkkkkk

    Beijos e até logo! ;)

    ResponderExcluir
  20. Oie, eu nunca havia visto esse livro antes, mas o curioso é que eu tenho um livro com esse mesmo título de outro autor. Eu amo romances policiais, se forem passados em tempos antigos, melhor ainda. Então nem precisa dizer que amei o plot. E gostei mais ainda pelo fato de você ter feito uma releitura e continuar gostando dele.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  21. Olá Mary,
    amei cada pedacinho da sua resenha, estou muito curiosa.
    Não conhecia nem a autora e nem a editora, mas adoro romances policiais e nesse cenários histórico parece incrível, parece acontecer tanta coisa que parece mais uma trilogia do que um livro único.
    Suspense, assassinatos, um mocinho justiceiro e triângulos amorosos. AMEI!

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir

@marycspblog