segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Resenha Nacional: O vilarejo - Raphael Montes






Olá pessoal tudo bem?
Passando aqui para finalizar a nossa semana do terror com a resenha desse livro maravilhoso que é O vilarejo, eu tinha muito mais planos para essa semana aqui no blog e lá no canal, mas infelizmente o tempo foi curtíssimo e corrido. Ainda ficaram alguns livros inacabados que eu estarei fazendo a leitura e resenhando para vocês. Mas vamos ao que interessa a resenha da vez.
O Vilarejo foi escrito pelo autor nacional Raphael Montes e publicado no ano passado 2015 pela editora Suma de letra, esse livro fez o maior sucesso no halloween do ano passado que eu resolvi lê-lo esse ano. A Capa e diagramação desse livro esta perfeita contém varias ilustrações muito bem feitas e é uma obra de muita qualidade.
A história do livro vai se passar em um vilarejo em uma cidade não nomeada, mas pelo clima e descrição da história presumi que fosse ambientada na Rússia. O autor narra o texto como se fosse outro autor escrevendo, não o Raphael, mas sim o narrador-personagem que nos conta a história.
Esse narrador personagem recebeu de um amigo dono do sebo ao qual frequentava alguns cadernos de uma tal Elfrita Pimminstoffer, esses manuscritos se tratava de uma narrativa dividida em sete capítulos e as histórias contidas neles fazia referencia aos sete pecados capitais.
Existem demônios que são capazes de despertar nos seres humanos os sete pecados capitais, são eles: Asmodeus {Luxuria}, Belzebu{Gula}, Mammon {ganância}, Bephegor {preguiça}, Satan {ira}, Leviathan {Inveja} e Lúcifer {soberba}.
Esse livro contem sete conto cada um relacionado a um pecado capital, nos quais os personagens apresentam características exageradas desse determinado pecado,  por exemplo a inveja leva uma das personagens a cometer atos completamente insanos assim como a luxuria acaba punindo cruelmente um homem.
Ao fazer a leitura desses contos percebe-se que todos os personagens estão relacionados uns com os outros e que moram no mesmo vilarejo, porém existe uma diferença de tempo entre uma história e outra ou seja algumas passam no passado outras no presente e até no futuro.
São narrativas sinples por se tratar de contos que tem essa trama menos complexa, porém são histórias completas e intrigantes. A narrativa do autor também é muito fluida fazendo com que o leitor se identifique com a história que esta sendo contada.

Minha opinião

Resolvi sair um pouco da minha zona de conforto esse mês, abandonar um pouco os romances românticos e me aventurar  em outras narrativas pouco exploradas por mim, por isso vi no Halloween uma oportunidade de diversificar as minhas experiências literárias.
Foi uma excelente escolha essa que fiz, pois amei me aventurar na literatura e fiquei muito encantada com a narrativa do Raphael Montes e com as histórias fantásticas que ele contou com maestria.
Esse livro não é tão assustador no sentido de trevoso e assombroso, mas sim assustador com relação ao que uma pessoa é capaz de fazer e ao extremos que ela pode chegar em sua loucura. Claro que foram um pouco méis exagerados na questão dos pecados capitais, mas sabemos que o ser humano é capaz de fazer tudo aquilo que foi descrito.
É uma obra fantástica que me surpreendeu muito, recomendo demais tanto para os amantes de literatura de terror e fantasia assim como para aqueles que não costumam ler esse gênero e quer começar por algo um pouco mais leve .
Minha nota para esse livro é nove no meu conceito e cinco estrelinhas no skoob, cada vez sinto mais orgulho do talento dos nossos autores nacionais.

5   Motivos para ler O vilarejo
1-É uma obra nacional de muita qualidade, é sempre bom dar uma chance os escritores brasileiros.
2- É livro reflexivo que te faz pensar nas ações do ser humano e nas coisas que eles são capazes de fazer.
3- Não é tão assustado, por isso é ideal para quem quer começar a ler o gênero, mas tem um pouquinho de medo desse clima assustador.
4- A escrita do Raphael Montes é super envolvente e cativante.
5-  É ideal para sair da sua zona de conforto.

O que achou dessa resenha? Não se esqueça de deixar um comentário dizendo o que achou do post, se já leu o livro qual sua opinião sobre ele e quais as partes que mais gostou.

Um grande abraço Mary C. S. Pires.

16 comentários:

  1. Oii, Mary!
    Eu sou uma medrosa, admito! kkkkk
    Por isso nunca li um livro de terror, mas tenho muita curiosidade sobre o gênero, ao mesmo tempo. Pretendo ler, algum dia sim, e O vilarejo parece uma boa pedida. Já tenho interesse na obra faz um tempinho, pois como você comentou, parece ser um suspense/terror que traz uma mensagem reflexiva. Assim que tiver a oportunidade, farei a leitura!
    Abraço!

    http://bloghistoriasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha! Olha, estou querendo esse livro faz um tempo, pois já ouvi maravilhas sobre ele!!! Vou tentar comprar quando sobrar uma grana! haha Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei demais da forma com que você escreve, mas o livro não me interessou muito.
    Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  4. Olá Mary, tudo bem?

    Esse é um livro que muito quero ler e isso tem tempos, mas nunca compro!
    Adorei a sua resenha, ficou muito boa, clara e objetiva, está de parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Mary! Já conheço os títulos do Raphael há bastante tempo, mas não tive a oportunidade de lê-los ainda. O Vilarejo parece ser uma obra interessante, gostei da tua opinião e de nos informar que o livro não é assustador, pois as pessoas podem se decepcionar.

    ResponderExcluir
  6. Mary, este é um dos livros que mais tenho interesse em ler, é um gênero que normalmente sempre me deixa sem ar e louca para ler este livro sempre vejo comentários positivos e super anotei a dica.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá Mary, tudo bem? Já ouvi muito falar desse livro e todos os comentários positivos. O que me deixa mais feliz é que ele é um livro nacional e os nacionais de qualidade estão ganhando cada vez mais espaço na vida do leitor. Amei a dica. Anotado. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mary!
    Em outubro participei de uma maratona de Halloween e vi bastante gente lendo esse livro. Nem preciso dizer que já estava de olho nesse livro e, após sua resenha, certamente será um dos livros da minha lista de compras da Black Friday.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  9. Olhaaaa, definitivamente esse livro não é para mim hahaha. Eu tenho medo de qualquer coisinha, então não leio nada que possa me causar medo, rs. Flores no Outono 

    ResponderExcluir
  10. já ouvi falar muito bem da escrita de Raphael e pretendo iniciar justamente por essa obra,que traz uma premissa que me deixou bem empolgada... ^^
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  11. Já vi muita gente comentar sobre esse livro, e depois de ler sua resenha me interessei bastante, ainda mais por ser nacional. Valeu pela dica! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Mary tudo bem, por mais que não tenha achado o livro assustador ele é intrigante por que o ponto principal é o lado dark de cada pessoa dos contos. Achei bem interessante esse livro. Foi o primeiro que li do Raphael. Bjkas

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Estou louca para ler esse livro e fiquei ainda mais animada com a sua resenha, embora não goste muito de contos, sinto que para essa obra preciso abrir uma exceção.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Morro de vontade de ler esse livro ou qualquer que seja do Raphael.
    Já vi tantos elogios à seus livros e, surpreendentemente ainda não os li. Sem dúvidas uma burrada.
    Adorei a resenha e os 5 motivos.

    Beijos
    http://www.mundoinvertido.com/

    ResponderExcluir
  15. Ola, tudo bem?
    Também faço isto às vezes, não gosto de ler um livro na época que está todo mundo lendo, sei lá, perco o interesse.
    Não conheço muitos livros de terror de autores nacionais, achei bem interessante.
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  16. Quero muito! Estou para marcar presença no evento dele aqui pertinho de mim e mal posso esperar para comprar o meu. Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir