domingo, 26 de março de 2017

Resenha: Fangirl - Rainbow Rowell


Cather não é uma grande fã de mudanças. Ela já está acostumada com o modo em que vive - estudar, escrever sua fanfiction sobre sua série favorita de livros e se divertir com sua irmã gêmea, Wren. Entretanto, as coisas sempre podem mudar - e foi exatamente isto que aconteceu. O colegial acabou, e está na hora de Cath (seu apelido) sair do ninho e ir para a universidade - mas o fato de sua hora ter chegado, não significa que esteja pronta para este grande passo de sua vida. 
Tudo começa a sair fora dos eixos antes mesmo de se mudar para o dormitório da universidade quando, Wren, sua irmã, se recusa a dividir o quarto com ela; ela argumenta que a faculdade serve, especialmente, para conhecer pessoas novas e se enturmar - o que não inclui andar por ai colada em sua irmã. Triste, mas conformada, Cath conhece Reagan, sua colega de quarto, e as únicas palavras que consegue formular para a garota durante meses são saudações como ''oi'', ''bom dia'' e as vezes até mesmo um sorriso. E, além de sua peculiar e um tanto grosseira colega de quarto,  Cath também conhece Levi, um garoto sorridente e descontraído e consegue lhe causar borboletas no estomago - sensação esta nunca sentida antes, nem mesmo diante de seu namorado do colegial.
Em um mundo nunca antes conhecido por ela, seus medos e aflições nunca estiveram tão a ponto de transbordarem como agora, e tudo o que tinha para se segurar eram suas histórias baseadas nos livros da série ''Simon Snow'', do qual Cath é irremediavelmente apaixonada. Em meio a descobertas, novas amizades e histórias banhadas à magia, Cather nos revela seus maiores medos e segredos, de modo humorado e incrivelmente bem escrito.

Minha opinião:

Mesmo com tantas indicações e resenhas positivas sobre os livros da Rainbow, nunca tive impeto para ler quaisquer uma de suas obras. isto é, até conhecer Fangirl; foi amor a primeira vista com essa capa maravilhosa!
Logo no primeiro capítulo, pude perceber que, assim como eu, Cather é ansiosa e tem certo receio de conhecer novas pessoas. Acabei me identificando mais do que o esperado com a personagens - nos gestos, manias e até mesmos nos gostos.

A única característica que me desagradou no livro foi o final. Quando cheguei ao último capítulo, a ansiedade e tristeza por terminar o livro bateu forte, mas não tanto quanto a decepção de virar a última página e perceber que a história acabaria daquela forma. Deixando claro que não odiei os acontecimentos finais do livro, mas achei que foi algo um pouco fraco levando em consideração toda a história. 
Incrivelmente bem escrito e com aquele toque necessário de humor, Fangirl é o tipo de livro que desejamos nunca ter lido, só para podermos reler novamente, e desfrutar das mesmas sensações novamente!

5 Motivos para ler:

1° A escrita da Rainbow é incrível! 
2° A personagem é gente como a gente: adora Fanfics e tem vários crushs.
3° A linguagem é fácil, e os personagens são um mais amorzinho que o outro! 
4° O livro é volume único ( infelizmente), sendo assim, você não vai precisar correr atrás de outros volumes quando acabar a leitura.
5° O livro tem várias edições, uma mais bonita que a outra! Sendo assim, dá até pra colecionar! haha

Um comentário:

  1. Oi, Larissa. Eu li Fangirl também e amei! O meu único problema era com a Wren e a mãe das meninas que acabou me irritando profundamente, fora isso amei tudo!
    Beijo, https://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir