Resenha Nacional: Luz e Sombra - Anaté Merger - Leituras da Mary

terça-feira, 21 de março de 2017

Resenha Nacional: Luz e Sombra - Anaté Merger

    Olá Leitores, tudo bem com vocês?
    Hoje é dia de resenha nacional e o livro da vez é um romance sobre viagem no tempo, cuja narrativa mescla presente e passado, o que é ainda melhor a trama vai se passar aqui no Brasil no período Imperial. Curiosos? Então confira a resenha e a minha opinião sobre a obra.


    Luz e sombras é o lançamento da autora nacional Anaté Merger, foi lançado na Amazon em e-book de forma independente e também já ganhou publicação física pela editora Bezz no selo Leque Rosa.
    Conforme eu havia dito na introdução desse post se trata de um romance sobre viajem no tempo, desse modo teremos a história dividida basicamente em duas partes, a atual no Rio de Janeiro 2016 e a histórica que será ambientada em um navio que partiu do Brasil para a Europa em 1873.       
    O protagonista principal é o Engenheiro Virgílio que esta prestes a comprar uma antiga propriedade chamada Inocência que no século XIX era uma fazenda de café propriedade do Barão Antunes, mas que agora havia sido transformada em uma pousada. Ele se encantou pela beleza e arquitetura do lugar e resolveu fazer o investimento, no entanto sua noiva Clara é super contraria a ideia dele comprar a propriedade rual no meio do nada.
    O relacionamento entre ele e Clara não andava bem desde o cruzeiro que fizeram quando foram padrinhos de casamento de um casal de amigos, durante essa viagem o rapaz sofreu um acidente e algumas coisas mudaram em sua vida, inclusive sua paixão por Clara que já não era a mesma, eles combinavam muito no sexo, mas parecia que era só isso.
    Quando virgilio decide comprar a fazenda Inocência, leva Clara junto para passar um tempo só os dois e tentar reavivar o relacionamento, no entanto Clara é uma garota mimada, essencialmente urbana e não se adapta muito bem ao lugar.
     Mas ao contrário dela Virgílio se sente muito bem lá, como a muito tempo não sentia e quando conhece a obra de arte mais famosa da Fazenda/pousada ele fica encantado com a pintura que retrata as duas filhas gêmeas do Barão Antunes, as garotas retratadas estavam saindo da adolescência para a vida adulta e segundo a proprietária do Imóvel o quadro se chamava "Gêmeas em flor".
    As duas garotas retratadas eram muito parecidas fisicamente, mas mesmo pela pintura era possível identificar que tinha personalidade distintas, Olivia Antunes era extrovertida em sua pose no quadro, enquanto a irmã Olympia era nitidamente mais tímida com o rosto parcialmente escondido por um leque, mas Virgílio notou que aqueles olhos eram tão vividos que pareciam estar olhando especialmente para ele.
    O rapaz se encantou pela pintura, principalmente por Olympia a mais tímida, porém mais expressiva, procurou saber o máximo que podia sobre a história da moça, leu vários artigos, livros e inclusive uma bibliografia completa da fazenda escrita por uma descendente ainda viva de Olympia.
    Um acontecimento acaba levando Virgílio a pensar que talvez não seja coincidência ele estar ali, seu fascínio pele moça do retrato que vivera séculos antes dele e a sensação de que a conhecia de alguma forma.
"Virgílio voltou a encarar Olympia como se ela fosse única, o que realmente era para ele, e tocou nos lábios da moça com suavidade."
    O engenheiro ficou ainda mais obcecado pela moça o que o levou a procurar a autora do livro com o mesmo titulo da pintura "Gêmeas em flor" e também descendente da família do Barão. Após conversar com essa senhora eles acabam descobrindo algo muito importante que pode mudar a vida de Virgílio.
    Preciso parar por aqui caso contrário acabarei soltando alguns spoilers, mas já adianto que essa história é cheia de reviravoltas, acontecimentos surpreendente e totalmente imprevisíveis que nos deixa curiosos e ávidos para saber até onde a história vai chegar, como tudo vai se desenrolar e o que esperar do final.
    Nesse livro surpreendente, incrível e muito bem escrito você leitor vai encontrar de tudo, romance, traição, suspense e um final de arrancar o coração do peito e coloca-lo de volta no lugar.
"Nem o tempo pode nos separar."
Minha opinião

    Comecei lendo esse livro toda despretensiosa achando que ia encontrar só mais um romance de época do jeito que gosto com viagem no tempo, paixões tórridas, muito romance fofo em um cenário maravilhoso que é o nosso Brasil do século XIX.
    Mas esse livro me surpreendeu bastante, não pensava em encontrar uma trama tão bem elaborada, cheia de mistérios e traições que fez a minha cabeça dar um nó tentando resolver esses mistérios.
     E quando achava que tinha resolvido alguma coisa a autora ia lá e colocava mais um ingrediente na massa e me deixava formulando milhões de teorias sobre como o Virgílio iria viajar no tempo e quando isso aconteceu foi completamente inesperado, de uma forma muito inusitada.
    Após a viagem no tempo começou a chover peças minusculas de um quebra cabeça gigante de acontecimentos para que eu tentasse montar e falhasse terrivelmente kkkk, mas quando chegou lá pelos 80% de leitura minha mente começou a enxergar uns vislumbres de como tudo se resolveria no final, me orgulho de dizer que minha teoria conseguiu chegar em 40 % de acerto sobre a resolução final kkk.
    Porém teve alguns pontos que me incomodaram um pouco, eu achei que o Virgílio de apaixonou muito rápido pelo retrato da Olympia e também que ele se acostumou ao século XIX rápido demais para o meu gosto.
    Outro ponto foram duas personagens que pareciam saber de tudo e ter uma resposta para tudo o tempo todo que foi a Helena e a Severa, aquele tipo de personagem que conta a história sem ter estado lá, as donas da verdade, mas sei que é implicância minha e que muita gente vai adorar as duas.
    É notável que a autora fez um bom trabalho de pesquisa histórica para escrever o romance, encontrei em diversas passagens as evidencias dessa pesquisa. Mas como a parte da narrativa de época se passa em um navio não temos tanto contato com a cultura brasileira da época, apenas o básico para o bom andamento da história.
    Sempre digo que quero mais autoras nacionais escrevendo romances de época sobre o  Brasil e a Anaté Merger soube explorar muito bem esse período da vésperas da abolição da escravatura, introduzindo personagens históricos como Joaquim Nabuco. Além disso ela criou personagens com aquele jeitinho brasileiro que é único.
Avaliação: Minha nota para esse romance é Nove e cinco estrelinhas no Skoob.

Compre o E-book na Amazon AQUI.

Não se esqueça de deixar um comentário me dizendo o que achou da resenha, se já leu ou pretende ler esse livro e siga o blog e nossas redes sociais.

20 comentários:

  1. Oi Mary,

    Muito obrigada pela maneira como contou sobre esse romance que me deixou muitas noites sem dormir sonhando com Virgílio e a trama de Luz e Sombra.

    Amei o seu texto e as fotos que usou (uma delicadeza que me tocou no coração).

    Um grande beijo e até a próxima aventura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Anaté, eu amei fazer a leitura do seu livro e já estou ansiosa pelos próximos de época.

      Excluir
  2. ola
    ja começo dizendo que preciso desse livro com urgência, gente fiquei boba quero saber mais agora irei atras dele kkkk adorei a resenha pena que bem na parte boa você parou :P KKKK brinks adorei mesmo mais um livro pra lista \o/ e ainda e nacional que beleza darei uma procura pra ver onde acho pra comprar.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Oii tudo bem ?
    Meu quero ler este livro para hoje , já tô indo procurar na amazon o preço dele .
    Beijos e abraços até próxima 😘

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mary!
    São tão poucos ou quase nenhum romance de época retratando o Brasil.
    Então não tinha como eu não ficar curiosa com esse livro. Adoro romances de época, então quero ler sim esse livro! E também gosto muito de viagens no tempo. Combinação perfeita!
    Apesar desse pequenos pontos que te incomodaram, fico feliz que a leitura tenha lhe agrado. ^^
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Cara, eu AMO livros sobre voltar no tempo (Fã de Doctor Who, Outlander e Back to the future dá nisso, rs.) Mas nunca ouvi falar em uma história no tempo imperial aqui no Brasil!!! Adorei a idéia!! Quando tiver tempo darei uma chance :D

    ResponderExcluir
  6. Olá Mari, tudo bem?

    Eu não conhecia essa obra, achei bem interesse ser um romance de época ambientado no Brasil Imperial, fiquei curioso sobre esse enredo. Vou pesquisar mais sobre a obra. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Que resenha ótima!
    Sempre achei romances de época e viagens no tempo (tão futuristas) meio incompatíveis. Mas não é que às vezes essa miscelânea funciona? Rs
    Sucesso à autora e que os nacionais ganhem cada vez mais espaço.
    Bjsss
    Luana

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Gostei muito de suas impressões e o fato de ser um romance de época já me atraiu pra querer ler em breve. Muito legal ver o crescimento dos autores nacionais nesse gênero!
    Não conhecia essa autora, vou procurar mais pra ler logo!
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  9. Gente,eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas amei a sinopse e sua resenha.
    Parece ser otimo.
    É ruim perceber que tem tanta coisa boa escrita por brasileiros e ser olhada com desconfiança pela maioria dos leitores.

    Vou anotar o nome desse livro.Quem sabe um dia eu leio

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Adorei sua forma de resenha, muito bem detalhada e muito informativa, gostei de conhecer todos os aspectos da história. Só fico receosa porque não sou muito fã de histórias de época e tenho um medo de não gostar dela. Mas adoraria dar uma chance a estória de Virgílio e todo seu contexto.
    Beijos e muito sucesso!
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bom?
    Parabéns pela resenha, adorei. Super bem detalhada. Adorei conhecer um pouco mais desse livro e fiquei bastante curiosa para conhecer a escrita da autora. Espero gostar tanto quanto você.

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  12. Mary, tudo bem?

    Nunca li nada dessa editora... Acho que o único romance histórico que conheço que talvez tenha um estilo semelhante é o Outlander. Parece mesmo ou é só impressão?

    Beijo.

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  13. Olá Mary,
    Esse livro me pareceu o oposto de Perdida, da Carina Rissi e gostei bastante disso. É uma pena que o protagonista tenha se apaixonado rápido demais e se acostumado também com tamanha facilidade.
    No mais, acho que o livro é interessante e que a leitura vale a pena.
    Vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Eu não conhecia o livro, a autora e nem o novo selo da Bezz. Achei a ideia da autora muito legal e tudo mais, só que eu sou o louco das "incomodações", creio que esse romance rápido me incomodaria de uma forma surpreendente e para não sair falando "fiado" do livro eu prefiro não fazer a leitura. Infelizmente vou deixar a dica passar!

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  15. olha,parece ser uma boa história, bem construida e intricada... não curto romance de época, mas fiquei curiosa pra saber o desfecho,pois gosto de tramas com viagem no tempo...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  16. Eu tinha visto este livro na Amazon e estava louca por uma resenha sobre ele. A sua caiu como uma luva, aumentando minha vontade de ler. Gosto de enredos onde o passado e o futuro se misturam.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi, eu sei que a autora é incrível e realmente suas histórias encantam e cativam por demais, no entanto, não sei... acho que por eu não gostar muito da epoca imperial, o cenário não me atrai e me deixa um pouco com o pé atrás, mas além disso tem também o fato de que você ter dito que parece que ele se apaixona rápido demais, se acostuma rápido demais... não sei, eu realmente fico com um pé atrás em histórias assim. Se eu leria? Com toda a certeza, quando tiver a oportunidade irei fazer, não sei se será por agora, mas quero ler no futuro e espero gostar e conseguir achar tão legal e importante todos esses elementos <3
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  18. Oii Mary, tudo bem? Gostei muito da sua resenha e conhecer essa obra, pois é a primeira vez que leio sobre ela. E você conseguiu me deixar bem curiosa para conferir a leitura também :D Viagem no tempo e romance junto é tudo de bom, não é? <3
    Beijoos

    ResponderExcluir
  19. Oiiii tudo bem??

    Já conhecia o livro de outras resenhas, e adoro quando autores acertam, principalmente nacionais. Mas na verdade não sou muito fã de romance de época, mas futuramente darei chance pra autora, e pretendo ler.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir

@marycspblog