Resenha Nacional: Você do meu lado - Cissa Prado

19:49


Lucy aprendeu desde cedo que não se pode confiar no futuro. O futuro é incerto, cheio de reviravoltas e adora nos pregar peças.



    Aos vinte e um anos de idade, Lucy continua com sua alma adolescente de ser e seu jeito moleca de olhar a vida. Mesmo tendo passado por maus bocados e um acidente que levou parte de si - literalmente -, ela ainda consegue encontrar razões para acreditar que sua vida irá mudar para melhor e, quando recebe uma proposta de estágio na Volpe, um dos melhores escritórios de advocacia do país, ela tem a certeza de que esse é o caminho a seguir para sua tão sonhada felicidade.
     Ou, pelo menos, foi isso que ela pensou. 
    Em seu primeiro dia como estagiária, Lucy aprendeu uma regra muito importante: nunca subestime o quão cadela alguém pode ser para você, a menos que queira ser desapontada. Dra. Sheila, sua nova chefe, é o protótipo perfeito de vilã malvada: a beleza e a maldade que habitam em seu corpo são da mesma proporção. Por mais que Lucy tente causar uma boa impressão e ser o máximo prestativa, Sheila parece gostar de hostiliza-la. 
    Como se um dia estressante de trabalho não fosse o suficiente para sua má sorte, uma chuva forte impede que Lucy consiga sair do prédio sem se encharcar toda, fazendo com que quase  seja atropelada pelo motorista da empresa. Mas acontece que a garota acaba entrando no carro errado e, ao invés do carro da empresa, ela invade o veículo de Alexandre, filho de seu patrão e noive de Sheila - e ela só descobre seu engano quando dá de cara com o rapaz em uma das reuniões da empresa. 

Minha opinião

    Mesmo antes de ler o livro, eu já sabia que iria me apaixonar perdidamente pela história de Lucy. O motivo? A Cissa consegue criar as melhores - e mais atrapalhadas - personagens da literatura sem nenhum esforço.
    A escrita da autora, assim como em seu primeiro livro ( leia a resenha aqui), é leve e humorada. Mesmo que em alguns pontos do livro sejam tratados assuntos de cunho mais sério, a autora relata tudo de modo que o leitor não se sinta sobrecarregado. 
     Ao contrário do que se pode pensar, a história não gira entorno apenas do triângulo amoroso entre os protagonistas, mas também assuntos mais sérios como, por exemplo, o preconceito que ronda a protagonista por conta de sua deficiência. A autora nos mostra que nem sempre é tão fácil lidar com as diferenças, ainda mais quando se trata de uma sociedade em que tudo ainda está em fase de transição e é extremamente intolerante.
   Uma das características que mais gostei no livro foi a personalidade da protagonista. Lucy é inteligente, mas incrivelmente atrapalhada e tem um ótimo senso de humor.
     Alexandre é o típico protagonista apaixonado que não sabe como demonstrar seu afeto, e que acaba machucando as pessoas com suas palavras por não saber se expressar. 


Larissa Alves | Unicórnio Literário.

VOCÊ PODERÁ GOSTAR DE:

0 comentários