Resenha Nacional: Um Natal com amor - Silvana Barbosa

Autor: Silvana Barbosa
Páginas: 20
Ano: 2017
Editora: Amazon
Gênero: Romance histórico/ de época
Adicione: Skoob Aqui
Onde Comprar: Amazon 
Nota: 9,0
Sinopse

Quando lorde Shakman saiu àquela noite fria de Dezembro, à cata de diversão em algum bordel ou casa de jogos londrinos, não poderia supor que teria seu destino selado de modo irrevogável.Um encontro inesperado muda o caminho do notório libertino, mostrando-lhe novas perspectivas, alterando-lhe convicções, traçando diferentes prioridades, e abrindo caminho em seu coração para toda a surpresa, ternura e emoção que apenas a descoberta súbita e incontestável do amor pode conseguir!O Espírito Natalino pode operar milagres!

💝💝💝
Olá leitores, tudo bem?
A resenha de hoje é de um conto superfofo da série "Libertinos" da autora Silvana Barbosa. Uma história bem curtinha e romântica, daquele tipo de conto para ler em menos de meia hora, leitura bem levinha nesse clima gostoso de natal.
Lorde Grayson Shakman, um notório libertino, é do tipo que não se intimida com uma noite de frio cortante. O tempo estava horrível, mas mesmo assim ele decide ir à um bordel na periferia, onde se encontraria com os amigos para mais uma noite de farra.
Porém, sua noite de farra acaba sendo esquecida quando no caminho para o famigerado antro de perdição ele ouve vozes alteradas masculinas e uma voz feminina, que devia estar em apuros. Seu instinto cavalheiresco fala mais forte, e nem mesmo o chão coberto de neve escorregadia, impediu que ele corresse para salvar a donzela em perigo.
Acontece que a donzela não estava correndo perigo, como ele imaginara, e para completar ele acaba pagando o maior mico caindo de bunda na neve em frente da dita donzela.
Melinda Rooney Thompson servia a costumeira sopa aos menos afortunados de Londres, quando um cavalheiro bonito acaba atravessando o seu caminho e mudando a sua vida, assim como ela muda a dele.

A autora Silvana Barbosa nos presenteia com esse conto maravilhoso, cheio do espirito natalino, que nos transmite uma lição de solidariedade, paz e amor.
Apesar de ser uma leitura bem rapidinha de ser feita, esse conto consegue ser terno, reconfortante, delicioso e apaixonante. Deixa a gente com aquela sensação deliciosa de "quero mais".
Foi o meu primeiro contato com a escrita da romancista de época, mas já posso adiantar que estou apaixonada e vou logo ler os seus livros.
Recomendo a leitura para quem gosta de romances de época, fofos, no melhor estilo florzinha (sem muita sensualidade) e também aos que apreciam uma história curtinha sem muitas reviravoltas.
Fique com alguns trechos que espero que te instigue a fazer a leitura.
"Se os aristocratas e a camada mais alta da sociedade estavam tendo dificuldade para conviver com a friagem, mesmo com lares aquecidos por lareiras sempre bem abastecidas, como poderia estar sendo para aqueles que mal tinham um teto para dormir e um pedaço de pão adormecido para comer?"
"Ela não  o conhecia. Não sabia que seu pai era um nobre rico, membro do parlamento. Não imaginava que Grayson Shakman possuía amigos influentes [...]"
"Seu coração ribombou, como sempre acontecia quando estava perto dele."
"Aquele sorriso... Era por isso que estava ali novamente."





Pin It
14

14 comentários:

  1. Oi, Mary.
    Ainda não conhecia essa autora, mas achei a escrita dela bem interessante nesses quotes que você separou. A trama também parece ser uma gracinha e agora estou curiosa para ler a história completa. Acho que vou fazer como você e começar por esse, que é menorzinho!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Oi Mary!!
    Não conhecia a obra nem a autora, mas gostei da premissa, pena que não gosto muito de contos!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Tão bom a gente ler algo gostosinho né? Faz um bem danado.
    Não sou fã de romances mas quando vi que tem cenário londrino já fiquei todo aceso, AMO muito tudo isso, ainda mais misturado com frio, não teria como ficar mais perfeito.
    Beijinhos, bom fim de ano e que venham mais e mais leituras <3

    ResponderExcluir
  4. Olá, sua resenha me fez ficar com vontade de ler esse conto. Achei a premissa super interessante, com esse mico do mocinho e a mocinha fazendo uma boa ação.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ahhh, se tem algo que gosto é nesses protagonistas atrapalhados, haha. Adorei a resenha, apesar de não ler contos eu leria um livro todinho baseado nessa idéia. A capa é linda, dá vontade de fazer chocolate quente e correr pra coberta e ler!

    ResponderExcluir
  6. Um romance de época e para o natal? Gente, que diferente. Já estou indo na Amazon pra conferir porque nunca li nada parecido.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu amei as citações que você postou! Uma pena que li sua resenha atrasadinha, adoraria ter lido esse livro no natal creio que o clima iria contribuir para que eu gostasse ainda mais, achei uma fofura!

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Ultimamente tenho lido nuitos romances de epoca e adorei essa dica, principalmente por ser um conto bem curtinho. Deve ser ideal para ajudar a superar uma ressaca literaria.
    Dica anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mary!
    Ai, esse eu li! esse eu li! haha fiquei encantada com a forma de escrita tão fluida da Silvana, esse também foi meu primeiro contato com a escrita dela e fiquei mesmo com o gosto de quero mais! Adorei a forma como Grayson e Melinda se envolvem e o conto é tão rapidinho e tão cheio de espírito natalino que aquece o coração!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. oie!
    Adoro romances fofinhos!
    Ainda não conhecia esse conto, e fiquei bem curiosa para conferir. Gostei de tudo o que escreveu na sua resenha e vou fazer questão de conferir essa leitura.
    Muito bom!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Se eu te falar que não gosto muito de natal? Sempre fujo de livros e filmes com essa temática, hahahaha. O conto me parece ser bem romântico e fofinho, vou anotar a dica, quem sabe para o próximo natal, rs.

    beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi! Que premissa legal! Em apenas 20 páginas já podemos criar apego aos personagens rsrs
    Pela resenha parece ser bem fofo.
    Mesmo já tendo passado o Natal, vou procurar para ler, pois adoro livros estilo florzinha" kkkk adorei o termo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Ei, Mary!
    Como apaixonada por romances de época adoro uma boa dica de leitura e gostei muito da premissa. Não costumo ler muitos contos, mas vou aproveitar sua dica!
    Beijos,
    Rafa -Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Ainda não li nenhum romance de época nessa temática e confesso que fiquei curiosa para saber como a trama se desenrola e como ela vai me marcar.
    Adorei sua resenha, a trama e os quotes que você apresentou.
    Vou anotar a dica.
    beijos

    ResponderExcluir