Resenha Nacional: As Listas de Ellen - Renata Varela

Autor: Renata Varela
Páginas: 281
Ano: 2016
Editora:  Amazon
Gênero: Romance/Chick lit
Adicione: Skoob Aqui
Compre na Amazon: Aqui
Nota: 5/5 
Sinopse
Se você não está com medo, você não está se arriscando. E se você não está se arriscando, então o que você está fazendo?
Ellen Farley é jornalista de fofoca de uma revista não muito famosa, em Nova York. 
Nesse mundo onde tudo vira notícia, Ellen fica sabendo de uma que não lhe agrada muito: rolam boatos pela redação sobre um corte de custo e o pescoço de Ellen está quase sendo cortado. Para melhorar, Max, seu namorado há três anos decide que a química não está mais funcionando e termina tudo. 
Com o emprego mais para lá do que para cá, Ellen - que tem mania de fazer listas - cria uma lista com possíveis empregos a quais se candidatar caso vá para o olho da rua. Um desses empregos é na revista Social Feminin, uma das poucas que cresceu no ano anterior. Num momento de insanidade, Ellen manda sua ficha para a revista, que logo a chama para uma entrevista. É aí que ela conhece Brandon Morgan, o novo redator-chefe da revista, o homem que pode mudar sua vida - em um sentido além do profissional.

Oooi oooi vocês.
Sejam bonzinhos na minha primeira vez aqui e vamos nos divertir, ok?
Bom, vim pra falar desse livro que foi uma leitura totalmente despretensiosa. As listas de Ellen me ganhou pela capa simples e fofinha e em menos de 3 horas corroeu minha mente e minha produtividade no lar.
Preciso esclarecer: não fiz nada por três horas inteiras. Eu COMI o livro. Devorei mesmo.
Maaas, o que a Ellen tem de tão especial?
Eu vos digo: a semelhança com todos nós.
Quem nunca se viu num ciclo sem fim de fazer as mesmas coisas todos os dias e aceitar qualquer problema sem questionar? Quem nunca entrou numa rotina tediosa sem nem saber como tinha ido parar ali?
Monamores, rotina faz parte. O que nos faz crescer é a forma que lidamos com a quebra dessa rotina. E nisso, Ellen tem maestria. 
Fiquei maravilhada pela forma que a personagem lida com os trancos da vida: o namorido deu o fora, o emprego desceu a ladeira e a melhor amiga tá grávida e sem teto. Mano, quem não pira?
Ellen age com bastante birra e mau humor mas não se deixa cair por nada. Não tem fundo do poço com ela. É apenas sacudir a poeira e dar a volta por cima. 
Amei a Brenda. No começo achei que ela ia me dar ranço. Mas superado, amei.
Andy é tão amorzinho que dá até calafrio. Só não consegui idealizar um perfil físico pra ele. Me senti perdida. 
Brandon é um fofo. F-O-F-O!
O livro dá umas lições de amizade maravilhosas. Os momentos de interação entre eles são bonitos. Adoro quando não existe tretas e picuinhas entre amigos. 
Preciso falar sobre algo que me deixou maravilhada também... a autora dispõe ao final do livro algumas curiosidades sobre a trama. São detalhes de personagens, características e localização tempo x espaço. Adorei. Foi como um alinhamento do que a gente imagina e do que foi pensado pela autora. Achei genial. 
Enfim, gostei bastante. A empatia, caráter e amizade da protagonista me fez sorrir. Sem contar que adoro os livros que nos fazem prender cada minuto de atenção até acabar. 
Obrigada pela companhia, Ellen. E obrigada a todos que estão me recebendo aqui. Acho digno pensar que já podemos sentar juntos no recreio, né?
Beijinhos e até. 


Pin It
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário